Fábio Campana | Política, cultura e o poder por trás dos panos. - Part 3

Itaipu terá escritório enxuto em Curitiba, de apenas 5 pessoas


Processo de migração dos 150 empregados lotados na capital será feito entre julho deste ano e janeiro de 2020._

Por determinação do diretor-geral brasileiro de Itaipu, Joaquim Silva e Luna, a Itaipu Binacional manterá em Curitiba apenas um escritório de representação, a exemplo do que já ocorre em Brasília (DF). O plano de migração dos cerca de 150 empregados das unidades organizacionais da capital para o centro de comando brasileiro da usina, em Foz do Iguaçu, ocorrerá entre julho deste ano e 31 de janeiro de 2020.

A medida tem como foco a otimização de recursos, em consonância com as diretrizes do governo federal, um compromisso assumido pelo diretor-geral brasileiro já em sua posse, em 26 de fevereiro deste ano.

Silva e Luna adotou uma política de austeridade para cumprir a missão ampliada da usina, focada nos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência, respeitando o dinheiro que o consumidor brasileiro paga pela energia elétrica de Itaipu. Para isso, foi necessário, segundo o diretor, construir uma engenharia financeira interna.

Leia Mais »

Governo terá de buscar votos no recesso branco

O governo federal terá de correr contra o relógio para aprovar a reforma da Previdência antes que a conjuntura política e econômica possa se tornar ainda mais desfavorável ao presidente, a ponto de contaminar as articulações em curso. Pelos cálculos mais otimistas no cronograma atual, Planalto e Economia terão 20 dias para virar votos entre a aprovação do texto na Comissão Especial e a apreciação do projeto no plenário. Há mais um complicador: esse período curto deve coincidir com os festejos juninos, o recesso branco do Congresso.

Onyx Lorenzoni, capitão da articulação política, tem contado o número de parlamentares que recebe para rebater as críticas de que não dialoga. Já foram 386 desde o início do governo – ou 2,8 por dia. As informações são da Coluna do Estadão.

5,2 milhões de pessoas procuram trabalho há um ano ou mais

Conseguir um emprego tem sido um desafio para muitos brasileiros. Dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que 5,2 milhões de pessoas procuram trabalho há um ano ou mais. Esse grupo representa 38,9% dos 13,4 milhões de desempregados no país. Informações do UOL.

A maioria das pessoas que buscam trabalho estão desempregadas há menos de um ano. Essa parcela da população soma 8,2 milhões de trabalhadores, o que representa 61,1% do total.

TRF4 decreta prisão de Bumlai

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região confirmou a condenação de José Carlos Bumlai por corrupção e gestão fraudulenta e determinou cumprimento da pena de 9 anos e 10 meses de prisão.

Na ação, foi acusado de repassar ao PT R$ 12 milhões emprestados do Banco Schahin, em 2004. Em troca, a Schahin Engenharia obteve a operação de um navio-sonda da Petrobras.

No mesmo processo, foram condenados o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, que já está preso; e Fernando Baiano, que fez acordo de delação premiada. As informações são d’O Antagonista.

TRF4 determina prisão de Dirceu

A Quarta Seção do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou hoje (16) um recurso do ex-ministro José Dirceu, que buscava a reversão de sua segunda condenação na Operação Lava Jato, e determinou que ele comece de imediato a cumprir a pena de 8 anos e 10 meses pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Ao final do julgamento, foi determinada a notificação à 13ª Vara Federal de Curitiba para que providencie a prisão de Dirceu, tendo como base o entendimento atual do Supremo que permite o cumprimento de pena após o fim da tramitação do processo na segunda instância. As informações são da Agência Brasil.

Leia Mais »

Leilão de Moro

O ministro Sergio (Justiça e Segurança Pública) adiantou que o governo vai enviar ao Congresso Nacional uma medida provisória que facilita a venda dos bens apreendidos em ações de combate ao narcotráfico. “Estamos com uma MP no forno para apresentar ao Congresso Nacional. Ela traz medidas muito pontuais para facilitar a venda de bens [apreendidos] e a administração desses recursos mesmo antes do trânsito em julgado”, disse Moro.

A melhor forma de fazer com que o crime de tráfico de drogas não compense, afirma Moro, é privar as organizações criminosas dos bens e recursos financeiros obtidos com práticas ilícitas. “Não basta que o criminoso enfrente a sanção da pena privativa de liberdade. É importante privá-lo dos recursos para que ele não continue na sua atividade”, defende.

“Querem me atingir”, diz Bolsonaro, sobre investigação do filho Flávio

O presidente Jair Bolsonaro reagiu nesta quinta-feira à reportagem de VEJA sobre os indícios de lavagem de dinheiro contra seu filho, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), por meio da comercialização de imóveis. O presidente afirmou tratar-se de “uma jogadinha” e que a finalidade da investigação do Ministério Público é atingi-lo. Informações da Veja.

“Isso é uma jogadinha. Quebraram o sigilo bancário dele desde o ano passado e agora para dar um verniz de legalidade, quebraram oficialmente o sigilo dele e mais 93 pessoas?”, afirmou à imprensa em Dallas, onde receberá o prêmio “Personalidade do Ano” da Câmara de Comércio Americano-Brasileiro. “O objetivo é me atingir”, completou.

Bolsonaro alegou ser a quebra de sigilo de seu filho e a consequente investigação uma “ilegalidade”. “Fizeram aquilo para cá, para me prejudicar”, disse. “Agora, estão fazendo um esculacho em cima do meu filho.”

Leia Mais »

Quebra de sigilo de Flávio atinge ex-assessores do presidente Bolsonaro


Todos trabalharam tanto no gabinete do pai, na Câmara, como no do filho, na Alerj

A quebra dos sigilos bancário e fiscal na investigação sobre as movimentações financeiras do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente da República, atinge ao menos cinco ex-assessores de Jair Bolsonaro.Informações do Jornal do Brasil.

Todos os cinco trabalharam tanto no gabinete do pai, na Câmara dos Deputados, como no do filho, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), ao longo do período que engloba a quebra dos sigilos, de janeiro de 2007 a dezembro de 2018.

São eles: Daniel Medeiros da Silva, Fernando Nascimento Pessoa, Jaci dos Santos, Nelson Alves Rabello e Nathália Melo de Queiroz –esta filha de Fabrício Queiroz, policial militar aposentado que era uma espécie de chefe de gabinete de Flávio na Assembleia e um dos alvos da investigação.

Leia Mais »

Joice Hasselmann: “Ministro da Educação deu um show”

A líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), acompanhou de perto toda a sessão da comissão geral que sabatinou o ministro da Educação, Abraham Weintraub, na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (15). Na avaliação da pesselista, o gestor da pasta se saiu muito bem na apresentação. “Ele sai absolutamente confortável. O ministro deu um show. Foi muito tranquilo. Ele manteve a calma apesar das provocações. A gente saí com uma sensação muito boa”, avaliou. Informação do Correio Brasiliense.

Joice permaneceu durante toda sessão, que durou seis horas, ao lado do ministro. “Fiquei o tempo todo aconselhando ele. Ignora isso, ignora aquilo”, disse. Sobre as confusões vistas durante a sessão, a deputada afirmou que a base do governo estava preparada para as possíveis provocações.

Leia Mais »

Enem já tem 5 milhões de inscritos

Cinco milhões de estudantes se inscreveram no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), de acordo como Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), até as 11h40 de hoje (16). As inscrições terminam amanhã (17), às 23h59, no horário de Brasília, e devem ser ser feitas pela internet, na Página do Participante.

Cida recebe prêmio internacional por trabalho em prol das famílias

A ex-governadora do Paraná, Cida Borghetti, recebeu nesta quarta-feira (15) um prêmio de reconhecimento pelo trabalho prestado em prol das crianças e das famílias brasileiras. O prêmio foi entregue durante a cúpula Mundial da Organização Mundial da Família (OMF), que acontece em Lisboa, Portugal, e reúne representantes dos cinco continentes. Em janeiro, a ex-governadora foi oficializada emissária da organização e hoje representa a OMF nos países da América Latina.

“É uma consagração de muitos anos de trabalho e dedicação às causas da família e primeira infância, principalmente. Estou muito honrada por esse reconhecimento”, disse Cida. O prêmio foi entregue pela presidente da OMF, dra, Deisi Kusztra.

Leia Mais »

O pelotão de Bolsonaro

O presidente ainda não demonstrou claramente como pretende lidar com o Legislativo.

William Waack, O Estado de S.Paulo

Não há como o presidente Jair Bolsonaro se queixar de que não sabia. O sistema de governo brasileiro obriga um campeão de votos diretos (ele) a lidar com um Legislativo de baixa representatividade (o sistema de voto proporcional brasileiro garante a desproporção), fracionado entre dezenas de partidos políticos – alguns parecidos a quadrilhas – mas cheio de prerrogativas. Que fazem do presidente da Câmara dos Deputados uma espécie de primeiro ministro, até com pauta própria, enquanto o chefe do Executivo legisla por medida provisória.

Leia Mais »

Maia defende reformas para o equilíbrio do orçamento

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou nesta quarta-feira (15) que o Brasil vive um “encilhamento fiscal e social” por conta do índice de despesas obrigatórias do governo federal. Em palestra a investidores nos Estados Unidos, ele defendeu a redução da estrutura para aumentar a eficiência do Estado e rechaçou soluções baseadas em intervenções na economia.

Rodrigo Maia voltou a destacar a necessidade de aprovar a reforma da Previdência e listou ainda uma série de medidas que deverão ser analisadas em seguida para consolidar o desenvolvimento econômico brasileiro – como a reforma tributária, a elaboração de novas políticas de investimento, fortalecimento das instituições de controle e de fiscalização, parcerias público-privadas e concessões. Ele também declarou que pretende votar o projeto anticrime do governo federal no final do semestre.

Leia Mais »

Indícios apontam que Flávio Bolsonaro utilizava a compra e venda de imóveis para lavar dinheiro

Ao pedir à Justiça a quebra do sigilo bancário e fiscal de 95 pessoas e empresas relacionadas ao senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), no dia 15 de abril, o Ministério Público do Rio de Janeiro apontou indícios de que o parlamentar tenha utilizado a compra e venda de imóveis no Rio de Janeiro para lavar dinheiro. Informações da Veja.

Segundo os promotores, entre 2010 e 2017, o então deputado estadual lucrou 3,089 milhões de reais em transações imobiliárias em que há “suspeitas de subfaturamento nas compras e superfaturamento nas vendas”. No período, ele investiu 9,425 milhões de reais na compra de dezenove imóveis, entre salas e apartamentos. Faturou mais no mercado imobiliário do que como deputado.

Leia Mais »

Protestos contra cortes na Educação elevam desgaste do governo

Desgastado por uma série de derrotas e obrigado a fazer concessões no Congresso Nacional, o governo do presidente Jair Bolsonaro foi alvo nesta quarta-feira, 15, dos primeiros grandes protestos de rua. Manifestações registradas em cerca de 250 cidades do País contra bloqueio de recursos no orçamento da Educação ganharam um contorno mais amplo de críticas à atual gestão. Em viagem oficial nos Estados Unidos, Bolsonaro procurou desqualificar a mobilização classificando a “maioria” dos manifestantes como “idiotas úteis” e “imbecis, que estão sendo usados como massa de manobra”. Informações do Estadão.

Os atos ocorreram no mesmo dia em que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, participou de uma audiência na Câmara dos Deputados. Ele foi convocado por parlamentares para explicar o contingenciamento na área. A sabatina, porém, expôs ainda mais o clima hostil que o governo enfrenta no Congresso.

Leia Mais »

Conta de água segue sem reajuste

A conta de água e esgoto segue sem reajuste no Paraná por pelo menos mais uma semana. Na tarde desta quarta-feira (15), o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) Ivan Bonilha pediu vista para analisar o mérito da medida cautelar que suspende o aumento de 12,13% anunciado pela Sanepar. Com isso, a alta no preço, que havia sido anunciada para começar a vigorar nesta sexta-feira, só voltará a ser analisada na quarta-feira que vem, dia 22. Informações da Gazeta do Povo.

Ministro da Educação na Câmara

A ironia de Paulo Martins

do Deputado Paulo Martins, no Twitter:

SEJUF firma convênios para garantir ações em mais de 100 municípios

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho (Seju), firmou nesta quarta-feira (15) convênios que beneficiam mais de 100 municípios e instituições. Os convênios foram assinados e repassados pelo vice-governador Darci Piana e pelo secretário da Sejuf, Ney Leprevost , durante o evento no Teatro Guaíra em comemoração ao Dia Internacional da Família, no intuito de beneficiar milhares de famílias por todo o estado. Participou também do evento a primeira-dama Luciana Saito Massa.

Leia Mais »

Traiano: “Extinção da aposentadoria de governador é histórica”

“Hoje é um dia histórico para o Paraná. A Assembleia extinguiu, aprovando um projeto de iniciativa do governo Ratinho Junior, a chamada aposentadoria dos ex-governadores”. A declaração é do presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB), ao comentar a aprovação, por unanimidade, da PEC que extingue a pensão vitalícia de ex-governadores.

Leia Mais »