Fábio Campana | Política, cultura e o poder por trás dos panos. - Part 3

STF mantém transporte
coletivo em Curitiba


O presidente do STF, Luiz Fux, rejeitou recurso da Procuradoria-Geral do Estado em nome do Tribunal de Contas do Estado (TCE/PR) que pedia a manutenção da medida cautelar que determinou a suspensão do transporte coletivo de Curitiba em razão do agravamento da pandemia da Covid-19. A decisão mantém liminar concedida pela Justiça à prefeitura da Capital contra a determinação do TCE.

No último dia 19, o presidente do TCE, conselheiro Fabio Camargo, determinou que a prefeitura suspendesse o transporte público, mantendo o serviço apenas para os trabalhadores da área de saúde e de serviços considerados essenciais, inclusive de vacinação contra a Covid-19. O tribunal alega que fiscalização feita pelo órgão constatou que não estaria sendo cumprido o limite de ocupação de 50% dos ônibus, o que representaria risco de contágio ao passageiros e trabalhadores do transporte.

Paraná receberá mais 242.050 doses de vacinas contra a Covid-19


Será a 12ª remessa do governo federal ao Paraná. Com essas doses, serão quase 2,5 milhões de vacinas enviadas ao Estado.

O Paraná receberá nos próximos dias mais 242.050 doses de vacinas contra a Covid-19, segundo o Departamento de Logística do Ministério da Saúde. São 127.250 imunizantes da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz e 114.800 da Coronavac/Butantan. A data do envio ainda não foi confirmada, mas a expectativa é receber a nova remessa entre quinta-feira (8) e sexta-feira (9), o que dará continuidade no Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19.

As doses da AstraZeneca estão divididas em 70.338 para aplicar como primeira dose em idosos de 65 a 69 anos e 50.868 como segunda dose para os trabalhadores de saúde imunizados há algum tempo, fora a reserva técnica. O intervalo de aplicação desse imunizante é de três meses. Elas são parte de um lote de 2.407.750 para todo o País.

Leia Mais »

Surge nova variante do
coronavírus em Minas

Uma possível nova variante do novo coronavírus foi identificada em Belo Horizonte e na região metropolitana da capital mineira. O alerta foi feito por pesquisadores do laboratório do Instituto de Ciências Biológicas da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e do Grupo Pardini.

Eles sequenciarem 85 genomas de SARS-CoV-2 de amostras clínicas coletadas da região metropolitana da capital mineira. Em dois deles foi identificado um conjunto único de 18 mutações ainda não descritas, caracterizando uma possível nova variante de SARS-CoV-2.

Estudos genéticos demonstram que esses dois novos genomas, provavelmente oriundos da antiga linhagem B.1.1.28 circulante na primeira fase da pandemia na cidade, apresentam mutações em diversas regiões do genoma. Os resultados demonstraram ainda um aumento progressivo das variantes P1, P.2 e B.1.1.7 na região. “Os resultados da pesquisa requerem urgência de esforços de vigilância genômica na região metropolitana de BH e estado de Minas Gerais para a avaliação da situação destes novos variantes de SARS-CoV-2”, diz a nota sobre a pesquisa divulgada pela universidade.

Leia Mais »

Estado procura reduzir
os impactos da covid-19

A Assembleia Legislativa do Paraná aprovou dois projetos enviados à casa legislativa pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) que pretendem reforçar o aporte financeiro a ações de enfrentamento à pandemia. Aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o projeto 97/2021 autoriza o Governo do Estado a obter um empréstimo de US$ 130 milhões (cerca de R$ 730 milhões) junto ao Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD).

O recurso será aplicado no programa Paraná Eficiente, que tem o objetivo de reduzir os impactos da covid-19 e melhorar a eficiência da prestação de serviços de saúde, gestão ambiental e administração pública. Destino de 66,7% desse montante, a saúde vai implantar um novo modelo assistencial de atenção primária, racionalizar a rede de assistência hospitalar, implantar um sistema de informação gerencial integrado e apoiar ações de combate ao coronavírus.

Leia Mais »

Bolsonaro volta a defender medidas sem eficácia contra a Covid


Em visita a Chapecó (SC) após elogiar o tratamento precoce contra a Covid-19 implantado pelo prefeito local, João Rodrigues (PSD), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a criticar nesta quarta-feira (7) medidas de isolamento social e a defender medidas sem eficácia comprovada contra a doença.

“Desde o início [da pandemia] eu digo: temos um problema, o vírus e o desemprego. E as medidas ora anunciadas […] não podem ter efeito colateral mais danoso que o próprio vírus. Eu acho que sou o único líder mundial que apanha isoladamente. O mais fácil é ficar do lado da massa, da grande maioria, se evita problemas, não é acusado de genocida, não sofre ataques por parte de gente que pensa diferente de mim. O nosso inimigo é o vírus, não o presidente, a governadora ou o prefeito”, afirmou.

Leia Mais »

Gilmar Mendes vota por fechamento de igrejas na pandemia


O ministro Gilmar Mendes julgou improcedente o pedido do PSD para impedir o fechamento de igrejas no Estado de São Paulo durante as fases mais graves na pandemia de coronavírus. Sua decisão já era esperada nesse sentido, pois havia concedido uma liminar na última segunda-feira. Como era o relator do caso, ele foi o primeiro a votar.

Os outros dez magistrados deverão votar na sessão desta quinta-feira. Quem iniciará a votação será Kássio Nunes Marques, o mais novo ministro da Corte que já determinou a abertura de igrejas em Belo Horizonte, em confronto a um decreto municipal que previa o fechamento dos templos religiosos.

Curitiba registra 32 óbitos
e 633 novos casos de covid-19

A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba registrou, nesta quarta-feira (7/4), 633 novos casos de covid-19 e 32 óbitos de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus. Vinte e seis destes óbitos ocorreram nas últimas 48 horas.

As vítimas são 21 homens e 11 mulheres, com idades entre 34 e 94 anos. Dez delas tinham idade abaixo de 60 anos e duas não tinham fatores de risco para complicações da covid-19.

Até o momento foram contabilizadas 4.080 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia.

Leia Mais »

Brasil confirma 3.829 mortes e 92.625 casos de covid-19 em 24 horas

Pelo menos 13.193.205 brasileiros foram diagnosticados com covid-19 e 340.776 morreram pela doença até as 17h30 desta 4ª feira (7.abr.2021). Os dados são do Ministério da Saúde.

São 3.829 vítimas a mais que o confirmado no dia anterior. As autoridades também confirmaram mais 92.625 diagnósticos.

O Ministério da Saúde também contabiliza 11.664.158 pessoas recuperadas e 1.188.271 em acompanhamento.

O Brasil tem 1.598 vítimas de covid-19 por milhão de habitantes. Apenas o Nordeste está abaixo da média nacional. Na análise por Estados, apenas o Maranhão tem menos de 1.000 vítimas por milhão.

O Brasil ocupa a 17ª posição no ranking mundial. Ultrapassou a Rússia nesta 4ª feira (7.abr). O vírus é mais letal na República Tcheca: mata 2.548 por milhão de habitantes.

MÉDIA DE MORTES E CASOS

O Brasil registra uma pequena queda na média móvel de mortes. São 2.752 mortes mortes por dia, contabilizando a última semana. Em 1º de abril de 2021 o país atingiu o recorde de 3.117.
As autoridades confirmaram mais 92.625 diagnósticos nesta 4ª feira (7.abr). A média de novos casos apresentou crescimento em relação ao dia anterior e está em 63.494.

O pico foi em 27 de março, quando a média móvel de casos atingiu 77.129.

VACINAÇÃO

O Brasil aplicou a 1ª dose de vacinas contra a covid em 21.266.148 pessoas até as 16h44 desta 4ª feira (7.abr.2021). Dessas, 6.037.152 receberam a 2ª dose. Ao todo, foram 27.303.300 doses administradas no país.

Gilmar Mendes diz que André Mendonça parece ter vindo de Marte


O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes diz que o advogado-geral da União, André Mendonça, parece ter vindo de Marte, ao se queixar de que o transporte coletivo e as aeronaves estão lotados, mas as igrejas estão temporariamente fechadas em determinadas cidades. “Quando sua excelência fala dos problemas dos transportes no Brasil, especialmente do coletivo, e fala do problema do transporte aéreo, eu poderia ter entendido que Vossa Excelência teria vindo agora de uma viagem a Marte”.

Mendes disse que foi “googlar” (pesquisar) para saber onde Mendonça estava e descobriu que, até a semana passada, ele era ministro da Justiça. Ou seja, teria como responsabilidade propor regras sobre transporte e trânsito. “Me parece que está havendo aí um certo delírio nesse contexto geral. É preciso que cada um de nós assuma a sua responsabilidade”.

Leia Mais »

Ministério da Saúde reavalia cota
de vacinas destinada ao Paraná


O Ministério da Saúde confirmou ao governador Ratinho Jr que fará uma reavaliação da distribuição das cotas de vacinas contra o coronavírus entre os estados. A defasagem foi admitida pelo ministro Marcelo Queiroga ontem, durante reunião, em Brasília, com o governador. Desde as primeiras remessas, o Paraná foi prejudicado na divisão das vacinas, recebendo uma quantidade menor de doses em relação a outros Estados que possuem populações semelhantes ou até menores.

Queiroga admitiu a Ratinho Jr que pode estar havendo defasagem na entrega de vacinas ao Paraná em relação às outras unidades da federação. As informações utilizadas pelo ministério, em relação aos grupos prioritários, foram extraídas do censo de 2010, o que, segundo Queiroga, gera um descompasso com os dados atuais. O ministro se comprometeu a reavaliar os dados para possivelmente incorporar, nos próximos lotes, doses que compensem essa defasagem.

Leia Mais »

Em dia de leilão, obras da pista do Aeroporto de Foz são entregues

Melhorias no aeroporto ajudaram Bloco Sul de terminais aéreos a atingir ágio de 1.534%, no leilão na Bolsa de Valores (B3), na manhã desta quarta-feira (7). Investimento da Itaipu Binacional na ampliação é da ordem de RS 43 milhões.

Em dia de leilão dos aeroportos na Bolsa de Valores (B3), o presidente Jair Bolsonaro participou, nesta quarta-feira (7), de uma solenidade que marcou o término da obra civil de ampliação da pista do Aeroporto Internacional das Cataratas, em Foz do Iguaçu (PR). A obra teve um investimento de R$ 53,9 milhões, sendo 80% do valor repassado pela Itaipu Binacional e os outros 20% pela Infraero.

Leia Mais »

“Estou me lixando para as
eleições de 2022″, diz Bolsonaro


Bolsonaro falou durante visita à Chapecó (SC). O presidente foi ao local para reunir-se com o prefeito da cidade, João Rodrigues (PSD). Afirmou que queria obter informações sobre o tratamento precoce contra a covid-19.

Em seu discurso, disse temer problemas sociais “gravíssimos” no país e que conversa com as Forças Armadas para evitar esse cenário. “Se eclodir isso no Brasil, o que vamos fazer? Temos efetivo para conter a quantidade de problemas que vamos ter pela frente? E outra, é uma explosão por maldade ou por necessidade? O que devemos fazer para evitar isso daí. Como nos preparar? Não é hora de ver biografia. Estou me lixando para 2022. Vai ter uma pancada de candidato aí.”

Segundo Bolsonaro, seria muito mais fácil ficar quieto, acomodar-se, e não tocar no assunto de uma eventual crise. “Acho que sou o único líder mundial que apanha isoladamente”, declarou.

Leia Mais »

Paraná tem mais 433 mortes
e 4490 casos de Covid-19


A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta quarta-feira (07) 4.490 casos confirmados e 433 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 863.790 casos confirmados e 18.001 mortos em decorrência da doença.

Os casos confirmados divulgados nesta data são de abril ( 2.897 ) março ( 1.420 ), fevereiro (73 ) e janeiro ( 17) de 2021 e dos seguintes meses de 2020: abril (1), maio (1), junho (4), julho (3), agosto (5), setembro (5), novembro (18), dezembro (46).

INTERNADOS – 2.589 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. São 2.056 pacientes em leitos SUS ( 971 em UTI e 1.085 em leitos clínicos/enfermaria) e 533 em leitos da rede particular ( 312 em UTI e 221 em leitos clínicos/enfermaria).

Leia Mais »

General Silva e Luna se despede
da Itaipu Binacional

Em discurso, ele agradeceu ao presidente Bolsonaro pela nomeação e desejou votos de “suerte” a seu sucessor, o colega de turma e amigo general João Francisco Ferreira.

Em discurso de despedida do cargo de diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, o general Joaquim Silva e Luna, aplaudido de pé por várias vezes, fez um rápido balanço da gestão, nesta quarta-feira, 7, e contou que a economia de recursos com as ações de austeridade adotadas foi “devolvida aos consumidores brasileiros” na forma de “legados inquestionáveis”, por orientação do presidente Jair Bolsonaro. Como não houve consenso binacional para reduzir a tarifa de Itaipu, explicou, a empresa alinhou ações com os governos federal, estadual e municipais, para investir em obras de infraestrutura, saneamento e segurança pública.

Leia Mais »

Morreu o monsenhor Luciano


Mis uma vítima da covid-19, morreu nesta quarta-feira (7), em Curitiba, aos 87 anos, o monsenhor Luciano Romano Kmieciak que, por quase 60 anos, exerceu muitos cargos na arquidiocese de Curitiba e, por várias décadas, foi pároco do Santuário Santa Teresinha do Menino Jesus, no Batel.

CCR paga R$ 2,1 bi e fica com aeroportos de Curitiba, Foz e Londrina

O grupo CCR levou o bloco Sul no leilão de aeroportos realizado nesta quarta-feira, 07, na B3. O grupo ofereceu R$ 2,1 bilhão pela concessão – o que corresponde a um ágio de 1534,36% ante a contribuição mínima inicial estipulada para este bloco que era de R$ 130,2 milhões. Entre os aeroportos do bloco estão Curitiba, Foz do Iguaçu e Londrina, que devem receber melhorias nos próximos anos.

Na disputa no viva-voz, não houve competição entre a empresa, os espanhóis da Aena e os brasileiros da Brasil Holding. Na primeira etapa, além da CCR, a Aena ofereceu um valor de contribuição inicial de R$ 1,050 bilhão (ágio de 706%) e o Consórcio Infraestrutura Brasil Holding, ligado à Ativa Investimentos, de R$ 300 milhões (ágio de 130,41%).

Leia Mais »

Deputado Emerson Bacil faz a festa
e lidera gastos em dezembro

412 auxílios emergenciais do Governo Federal. Esse é o total de benefícios com valor médio de R$ 250 que poderia ser pago a trabalhadores informais com as de spesas de dezembro de 2020 do deputado campeão de gastos na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

Parlamentar de primeiro mandato, Emerson Bacil (PSL) gastou no último mês do ano passado R$ 103.144,18 da verba de ressarcimento, recurso mensal à disposição dos 54 deputados para custear despesas relacionadas ao mandato, como combustível, alimentação, hospedagem, etc. Chama a atenção o volume muito superior de gastos do parlamentar de São Mateus do Sul na comparação com os colegas, que em dezembro gastaram em média R$ 38.756,61. Em meio à crise econômica provocada pela pandemia, um olhar mais atento às despesas de Bacil mostra que a maioria absoluta das verbas foi para se autopromover.

Leia Mais »

Putin e Bolsonaro tratam da compra da vacina Sputnik V pelo Brasil

O presidente Jair Bolsonaro conversou com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, nesta terça-feira (6) por vídeoconferência. Os líderes discutiram a possibilidade do Brasil adquirir a vacina russa Sputnik V.

O diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres, os ministros Carlos Alberto França (Relações Exteriores), Marcelo Queiroga (Saúde) e Onyx Lorenzoni (Secretaria-Geral), também participaram da reunião.

“Foram discutidas as perspectivas para o desenvolvimento das relações bilaterais. Confirmou-se a disposição para um trabalho conjunto ativo em linha com a parceria estratégica russo-brasileira. Foi manifestado interesse mútuo na construção consistente de laços comerciais e econômicos”, informou o serviço de imprensa do Kremlin.

Leia Mais »

Delegado Paulo Maiurino
assume o comando da PF


Enfim, o presidente Jair Bolsonaro conseguiu mudar o delegado-geral da Polícia Federal. O novo ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, nomeou o delegado Paulo Maiurino como novo diretor-geral da Polícia Federal. Ele substituirá o atual chefe da corporação, Rolando Souza. Com a mudança, a PF terá o terceiro chefe em apenas dois anos e três meses de governo.

O delegado Paulo Maiurino está fora da Polícia Federal há muito tempo. Atuou no ano passado como secretário de Segurança do Supremo Tribunal Federal, na gestão Dias Toffoli. Antes, esteve no governo de São Paulo como secretário de Esporte, Lazer e Juventude, na gestão de Geraldo Alckmin (PSDB).

A definição sobre a mudança na PF ocorreu após uma reunião entre Bolsonaro e Torres, na semana passada. Ficou decidido ali que o chefe da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Eduardo Aggio, também será substituído. O novo diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal será Silvinei Vasques.

Traiano barra homenagem de deputado à ditadura militar


O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano (PSDB) rechaçou hoje a tentativa do deputado Ricardo Arruda (PSL), de fazer uma homenagem à ditadura militar, em memória aos 57 anos do golpe de 64, no último dia 31 de março. Na semana passada, a Assembleia aprovou a realização de um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do governo militar, proposta pelo deputado Goura (PDT).

Arruda, então, propôs na segunda-feira outro minuto de silêncio, desta vez em homenagem aos militares que ele diz terem sido vítimas de movimentos de esquerda durante o governo de exceção. No mesmo dia, ele elogiou o golpe de 64, afirmando que nunca houve ditadura no Brasil. “Nunca houve ditadura no Brasil. O que houve foi o regime militar que tomou o poder a pedido da grande maioria da população”, alegou o parlamentar do PSL.