Fábio Campana | Política, cultura e o poder por trás dos panos. - Part 2

Novembro é o pior mês da pandemia em Curitiba

Casos de Covid-19 voltaram a subir nas últimas semanas, após o feriado do Dia de FinadosBem Paraná – O mês de novembro chegou ao fim. E por mais que todos estejam ansiosos pela chegada do final do ano, o penúltimo mês de 2020 trouxe péssimas notícias aos curitibanos no que diz respeito à evolução da pandemia do novo coronavírus. É que no último mês a infecção voltou a ganhar força em Curitiba, com aumento expressivo no número de mortes e recordes no que diz respeito aos diagnósticos e casos ativos da Covid-19.

Com relação aos novos casos, foram registrados 25.871 diagnósticos positivos para o coronavírus na capital paranaense ao longo do último mês, com a média diária de 862,4 notificações. Na comparação com o mês anterior, quando haviam sido confirmadas 284,4 infecções diariamente (com um total de 8.816 casos), nota-se um aumento de 203,24%.

Não surpreende, então, que em novembro se tenha registrado tanto a maior média diária de novos casos da doença como também o recorde em números absolutos de diagnósticos. Até então, o mês com mais casos novos havia sido julho, com 14.148 registros (456,4 casos por dia).

Os recordes, contudo, não param por aí. Com aumentos consecutivos desde o dia 4 de novembro, o número de casos ativos da doença (ou seja, de pessoas atualmente infectadas e possivelmente transmitindo o vírus) também deu um salto. Ontem, eram 13.829. No final de outubro, 3.762. Um aumento de 267,6% em 30 dias, portanto.

Leia Mais »

Criciúma: Criminosos
assaltam bancos, fazem
reféns e deixam cidade sitiada

Reféns sentados no meio da rua durante assalto em CriciúmaUma quadrilha de assaltantes provocou pânico e deixou Criciúma (SC) sitiada na madrugada desta terça-feira (1). A cidade localizada no sul de Santa Catarina foi invadida por homens fortemente armardos que fecharam acessos por meio de barreiras, trocaram tiros com a polícia e fizeram reféns.

A ação violenta começou no início da madrugada e durou ao menos duas horas. Há relatos de tiros contra um batalhão da Polícia Militar, veículos incendiados e explosivos espalhados pela cidade.

O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro (PSDB), pediu que a população fique em casa para se proteger. Segundo ele, o que ocorreu foi um assalto de grandes proporções, realizado por “bandidos bem preparados”.

“Continue em casa. Mantenha todos os cuidados. Vamos deixar a polícia fazer o papel de polícia”, disse em vídeo divulgado nas redes sociais. As informações são da Folha.

Leia Mais »

Bolsonaro cumpre missão
de ‘eliminar a esquerda’,
escreve Wajngarten

O secretário de Comunicação Social da Presidência da República, Fabio Wajngarten, publicou longa análise na qual diz que os resultados das eleições municipais mostram que Jair Bolsonaro cumpre sua promessa de “eliminar a esquerda” no país.

Para Wajngarten, o fato de o PT e outros partidos de esquerda terem obtido resultados modestos se deve ao trabalho de Bolsonaro para combater essas agremiações.

O secretário comete algumas imprecisões na análise, como quando cita candidatos que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não teria apoiado. “[O PT] ficou sozinho no discurso e fez surgir outras ‘lideranças’ como Boulos e João Campos –dois candidatos que Lula não apoiou”.

Na realidade, Lula apoiou Guilherme Boulos (Psol) em São Paulo e até gravou um vídeo fazendo essa declaração explícita de voto.

Num outro trecho, Wajngarten chama os partidos do Centrão de “base governista”. Eis o que escreveu o secretário: “Outro aspecto a ser realçado é que os partidos da base governista do Centrão –PP, PSD, Republicanos e outros– tiveram excelente desempenho eleitoral, derrubando a supremacia do MDB e PSDB no comando do número de prefeituras brasileiras”. As informações são do Poder360.

Leia Mais »

Moro nega conflito em atuação para consultoria que atende Odebrecht

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro se manifestou nesta segunda-feira, 30, sobre a admissão como sócio-diretor da consultoria americana de gestão de empresas Alvarez & Marsal sete meses após deixar o governo Bolsonaro. Nas redes sociais, confirmou a contratação, que havia sido anunciada pela empresa no domingo, 29, e negou conflito de interesses no novo cargo.

“Ingresso nos quadros da renomada empresa de consultoria internacional Alvarez&Marsal para ajudar as empresas a fazer coisa certa, com políticas de integridade e anticorrupção. Não é advocacia, nem atuarei em casos de potencial conflito de interesses”, escreveu em sua conta no Twitter.

O novo endereço comercial do ex-juiz da Lava Jato, que fez fama como linha dura contra a corrupção ao condenar empreiteiros, doleiros, lobistas e políticos de diversos partidos, incluindo o ex-presidente Lula na ação do triplex do Guarujá, afasta por agora especulações sobre uma possível incursão no campo eleitoral para concorrer à presidência em 2022.

Leia Mais »

Paraná confirma mais 1.294 casos e 32 mortes pela Covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta segunda-feira (30) mais 1.294 casos confirmados e 32 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. A Sesa registra também 1.081 casos confirmados retroativos do período entre 15 de julho à 28 de novembro que estavam com investigação em aberto e agora foram encerrados como casos confirmados e automaticamente computados no sistema. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 277.424 casos e 6.099 mortos em decorrência da doença.

INTERNADOS – 1.083 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. São 790 pacientes em leitos SUS (440 em UTI e 350 em leitos clínicos/enfermaria) e 293 em leitos da rede particular (81 em UTI e 212 em leitos clínicos/enfermaria).

Leia Mais »

Justiça quebra sigilo de hackers brasileiros suspeitos de atacar TSE

A Justiça Eleitoral do Distrito Federal determinou a quebra dos sigilos dos dados de e-mail dos três brasileiros que são investigados por suposto ataque hacker ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Um hacker português também é suspeito de ter participado do ataque.

A TV Globo apurou que o afastamento do sigilo dos dados atende a um pedido da Polícia Federal (PF) e se estende de janeiro até dezembro. A partir desse material, os investigadores querem estabelecer a relação dos brasileiros com o português.

No sábado (28), uma operação da PF e da polícia portuguesa prendeu em Portugal um hacker, cidadão português de 19 anos, que já estava há seis meses em prisão domiciliar no país por outros crimes cibernéticos.

A conexão entre o português e os brasileiros foi estabelecida a partir de postagens na internet e troca de mensagens com agradecimentos que citavam um grupo do qual os hackers brasileiros fazem parte. As informações são do G1.

Leia Mais »

Juiz manda prender Boca Aberta

Entornou o caldo. O juiz Katsujo Nakadomari, da Vara de Execuções Penais de Londrina, determinou a prisão, por 17 dias, do deputado federal Emerson Miguel Petriv (Pros), mais conhecido como Boca Aberta. O mandado de prisão foi expedido na última quinta-feira (26). A prisão deverá ser cumprida no regime semiaberto.

O mandado de prisão cumpre sentença condenatória, transitada em julgado, do 5° Juizado Especial Criminal de Londrina. Boca Aberta foi condenado por perturbação do sossego com base na Lei de Contravenções Penais.

A condenação é referente a uma confusão provocada Boca Aberta, quando ainda era vereador de Londrina, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim do Sol. O fato ocorreu no dia11 de janeiro de 2017.

Na noite daquele dia, Boca Aberta foi até a UPA alegando ter recebido denúncias sobre a demora no atendimento, que chegava a 14 horas. À Polícia Civil, ele disse apenas que agiu no exercício da função de vereador, pois foi fiscalizar o trabalho dos profissionais.

Ele assinou um termo circunstanciado por ter atrapalhado o andamento do trabalho dos profissionais de saúde e perturbação de sossego. O agora deputado federal foi condenado em primeira instância no dia 5 de março de 2018. Na sentença, a juíza Telma Regina Magalhães Carvalho considerou que a contravenção penal foi cometida por gritaria ou algazarra, o que ele nega. Boca Aberta recorreu da decisão,mas não obteve êxito.

Fiscalização interdita 35 estabelecimentos em
Curitiba no fim de semana

O fim de semana teve 209 ações de fiscalização e inspeções realizadas pelas equipes da Prefeitura em estabelecimentos comerciais de diferentes bairros da cidade. Desde a sexta-feira (27/11) até a noite de domingo (29/11), fiscais da secretaria municipal do Urbanismo, técnicos da Vigilância Sanitária e guardas municipais participaram de incursões em bares, restaurantes, lojas de departamento, de materiais de construção, mercados, empresas, para assegurar a adequação ao Decreto 1600/2020, que impõe regras devido à pandemia da covid-19.

Nos três dias, 35 estabelecimentos foram interditados. Deste total, 33 comércios tiveram as atividades paralisadas durante Aifus-covid (Ações de Fiscalização Integradas). Nas Aifus – realizadas por fiscais da Secretaria Municipal do Urbanismo, Guarda Municipal, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros – 16 estabelecimentos foram notificados por descumprimento à Resolução 01/2020 e em sete vistorias foram expedidas notificações por comércio irregular.

Leia Mais »

Rússia libera primeiro lote da vacina Sputnik V para vacinação

Vacina Sputnik V tem 92% de eficácia, afirma Rússia; Paraná tem parceira  para produção pelo Tecpar - Bem ParanáA Rússia liberou o primeiro lote de vacinas da Sputinik V contra a Covid-19 para aplicação da população em um hospital na Zona Sul de Moscou, de acordo com anúncio feito nesta segunda-feira (30) divulgado pela agência Reuters.

O Domodedovo Central City Hospital, local onde chegaram as primeiras doses, informou que os médicos residentes interessados em receber a vacina precisaram se registrar em um site do governo russo com antecedência e trazer um teste de Covid-19 com resultado negativo.

As primeiras pessoas, de acordo com o comunicado, receberam a imunização ainda na semana passada. Na terça-feira (24), o governo do país anunciou que a Sputnik V tem 95% de eficácia após a segunda dose. Os resultados, no entanto, não foram publicados em revistas científicas e analisados por outros pesquisadores.

A Rússia foi o primeiro país a registrar uma vacina contra a Covid-19 no mundo, em agosto. O anúncio gerou preocupação entre cientistas, entre outros motivos, por causa do anúncio dos testes de fase 3 e da vacinação em massa de forma simultânea. As informações são do G1.

Leia Mais »

Brasil precisa levar o aumento de casos de Covid-19 a sério, alerta OMS

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, reforçou nesta segunda-feira (30) que o Brasil precisa levar o aumento no número de casos de Covid-19 a sério.

“O Brasil teve seu ápice em julho. O número de casos estava diminuindo, mas em novembro os números voltaram a subir. O Brasil precisa levar muito, muito a sério esses números. É muito, muito preocupante”, disse Tedros.

Na semana passada, dados do Imperial College de Londres apontaram que a taxa de transmissão do novo coronavírus foi a maior desde maio. O índice estava em 1,30 – cada 100 pessoas contaminadas transmitem o vírus para outras 130 pessoas.

A última vez que a taxa de transmissão no Brasil esteve tão alta foi na semana de 24 de maio, quando atingiu 1,31, segundo dados levantados pelo G1. O valor máximo possível naquela data, considerando a margem de erro, foi de 1,34.

Leia Mais »

Nova política ficou velha cedo demais, diz ACM Neto

Presidente do DEM, o prefeito de Salvador, ACM Neto, viu o partido avançar em 74% no número de prefeitos eleitos neste ano em relação a 2016. Foram 464 gestores escolhidos, 198 a mais do que no último pleito, o que coloca a sigla como a quinta que mais comanda municípios no país.

Neto atribui o resultado a um preparo da legenda, que investiu nas bases, e ao contexto político. Para ele, o eleitorado rejeitou radicalismos.

“A tal da nova política ficou velha muito rápido”, afirma. O prefeito, que fez seu sucessor em Salvador —Bruno Reis (DEM), seu vice—, diz que seu objetivo é fazer do DEM o partido mais relevante de 2022, mas não crava apoio a nenhum candidato.

Neto elogia o apresentador Luciano Huck e diz que a única certeza é que partido não embarcará em “extremos”. Apesar disso, o cacique do DEM refuta a discussão sobre campos ideológicos. “É babaquice, é bobagem a gente estar nessa coisa de direita, de esquerda, de centro. O eleitor não está nem aí para isso.” As informações são da Folha de S. Paulo.

Leia Mais »

Virada em Ponta Grossa confirma a força de Ratinho Junior

Governador participa do último dia de campanha da Professora Elizabeth -  Blog do Doc.com - Informação levada a sérioApoiada pelo governador, Professora Elizabeth, do PSD, foi eleita neste domingo (29), prefeita do município.

Na disputa apertada à Prefeitura de Ponta Grossa, única cidade do Paraná a ter segundo turno nas eleições deste ano, o apoio do governador Carlos Massa Ratinho Junior foi determinante.

Foram para a disputa na segunda etapa das eleições a atual vice-prefeita da cidade, professora Elizabeth, do PSD, partido do governador, e Mabel Canto, do PSC, com diferença pequena no número de votos, com vantagem para a deputada estadual. Mas no sábado, véspera do pleito, em carreata pelo município, Ratinho reforçou o apoio a Elizabeth. O resultado foi conferido nas urnas. Nem mesmo os três senadores paranaenses – apoiadores de Mabel – foram capazes de conter a onda criada por Ratinho Junior em torno da professora Elizabeth. Com 52,38%, a professora foi eleita a primeira prefeita de Ponta Grossa.

Sergio Moro assume cargo de diretor em empresa de consultoria em SP

Sergio Moro em evento como ministro da Justiça  — Foto: JNEx-ministro da Justiça de Bolsonaro foi anunciado neste domingo (29) como novo diretor da empresa de consultoria americana Alvarez & Marsal, escritório que atua como administradora judicial da Odebrecht, empreiteira investigada pela Lava Jato

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro foi anunciado neste domingo (29) como novo diretor da empresa de consultoria americana Alvarez & Marsal. Trata-se do escritório que atua como administradora judicial da Odebrecht, empreiteira investigada pela Lava Jato. À TV Globo, o ex- ministro confirmou a nova função e informou que não vai se pronunciar no momento.

No anúncio divulgado em seu site, a empresa afirma que o ex-juiz vai comandar a área de disputas e investigações a partir de dezembro. O objetivo, segundo o comunicado, é que Moro possa “desenvolver soluções para disputas complexas, investigações e questões de compliance” para os clientes da empresa, com base em sua experiência governamental.

Como juiz federal no Paraná, Moro conduziu os processos da Operação Lava Jato.

O anúncio destaca ainda que Moro é “especialista em liderar investigações anticorrupção complexas” e também em estratégias de compliance. As informações são do G1.

Leia Mais »

‘A melhor forma de enfrentar a violência do latifúndio é lutando
pela democratização da terra’

MST – 15 anos após o assassinato de Jaelson Melquíades, dirigente Sem Terra em Alagoas, trabalhadores e trabalhadoras rurais seguem cobrando justiça e denunciando a violência no campo alagoano.

Em entrevista, Débora Nunes, da coordenação nacional do MST, destacou o papel da luta cotidiana do Movimento no enfrentamento à violência e a impunidade no campo.

“O MST segue organizando os trabalhadores e trabalhadoras, entendemos que a melhor forma de enfrentar a violência do latifúndio é lutando pela democratização da terra, produzindo alimentos saudáveis e lutando por condições para o povo permanecer no campo com dignidade”, comentou.

O dia 29 de novembro, Dia Estadual de Luta contra a Violência e a Impunidade no Campo e na Cidade, será marcado em todo o estado de Alagoas por uma série de ações do Movimento em memória ao Jaelson, que tem seu assassinato ainda sem respostas pelo Poder Executivo e Judiciário.

Leia Mais »

Revés de Crivella é ápice
de derrota bolsonarista

Bolsonaro autoriza Crivella a usar sua imagem na campanha - Diário do Rio  de JaneiroA tentativa de reeleição frustrada de Marcelo Crivella (Republicanos) com uma larga vantagem do prefeito eleito Eduardo Paes (DEM) é o selo da derrota do bolsonarismo em toda a sua base eleitoral, o Rio de Janeiro.

A diferença significativa de votos na capital expõe não apenas o teto baixo do apoio do presidente Jair Bolsonaro na capital, mas também simboliza o fracasso de quase todas as apostas da família no estado.

Ao mesmo tempo em que viu Crivella naufragar, a família Bolsonaro viu derrotados seus aliados em toda a região metropolitana e principais colégios eleitorais.

Em Niterói, Allan Lyra (PTC) teve apenas 9,4% dos votos válidos no primeiro turno. Em Cabo Frio, o deputado Dr. Serginho (Republicanos), forte aliado do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos) e que também contou com manifestação de apoio do presidente, perdeu com 33,8% dos votos válidos.

Leia Mais »

Barroso diz que abstenção de eleitores foi maior que o desejável

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso, participa de entrevista coletiva sobre o segundo turno das eleições municipais 2020O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, disse hoje (29) que a abstenção dos eleitores no segundo turno das eleições municipais foi maior que o desejável pela Justiça Eleitoral. Durante a apresentação do balanço das eleições, Barroso afirmou que a pandemia da covid-19 fez com que parte do eleitorado deixasse de comparecer às urnas por medo de contaminação pelo novo coronavírus.

Com 100% das seções eleitorais apuradas, a abstenção dos eleitores foi de 29,50%, equivalente a 11,1 milhões de pessoas. Nas eleições de 2018, 2016 e 2014, o índice de eleitores faltosos ficou em torno de 21%.

Na avaliação do presidente, embora a abstenção tenha sido maior que o desejado, a realização das eleições em meio à pandemia, com a participação de 70,50% dos eleitores, merece ser celebrada.

Leia Mais »

Eduardo Bolsonaro volta a criticar urna eletrônica sem voto impresso

Em mensagem no Twitter na manhã deste domingo, 29, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) voltou a criticar o sistema atual de urnas eletrônicas, sem o voto impresso.

No primeiro turno de eleição municipal, o parlamentar e seu pai, Jair Bolsonaro, também haviam defendido a adoção do voto impresso, bandeira que o presidente empunhou nos mandatos que cumpriu na Câmara dos Deputados.

“Não se engane com fake news de pessoas que não desejam uma eleição mais transparente. Com o voto impresso não se leva nenhum comprovante para casa mostrando em quem você votou, ainda há como se auditar a eleição e apuração segue rápida”, escreveu o deputado no Twitter.

Em 6 de novembro, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso chamou a proposta do voto impresso de “retrocesso”. “As urnas eletrônicas são confiáveis”, disse Barroso, na época. As informações são do Estadão.

MDB, PSDB e DEM vão governar a metade das capitais brasileiras

Eleitor usa álcool gelTrês partidos vão comandar a metade das capitais brasileiras a partir de 2021. O MDB venceu em cinco das sete que disputou neste domingo, no segundo turno das eleições municipais. PSDB e DEM comandarão quatro cada, já somadas as vitórias no primeiro turno.

O MDB reelegeu neste domingo o prefeito de Cuiabá (MT), Emanuel Pinheiro. Já o vice-prefeito Arthur Henrique, em Boa Vista (RR), levou a legenda ao recorde de votos válidos neste segundo turno em uma capital, ao conquistar o apoio de mais de 85% dos eleitores.

Em Goiânia (GO), o MDB venceu com o ex-governador Maguito Vilela, internado há mais de um mês em São Paulo com Covid-19. O partido ganhou ainda em Porto Alegre (RS), com o deputado estadual Sebastião Melo, e em Teresina (PI), com ex-deputado estadual Dr. Pessoa.

O PSDB, que já havia reelegido dois prefeitos, manteve o comando dos municípios de São Paulo (SP), com Bruno Covas, e de Porto Velho (RO), com Hildon Chaves. O DEM, com três vitórias no primeiro turno, agora ganhou no Rio de Janeiro (RJ), com o ex-prefeito Eduardo Paes.

Leia Mais »

Casos ativos da Covid-19 em Curitiba triplicam ao longo de novembro

O mês de novembro tornou-se o mês da retomada durante a pandemia, mas foram de casos da Covid-19 em Curitiba. Ao longo do mês, os números de novos casos diários foram crescentes a partir do dia 11. As mortes em decorrência do mal também voltaram ao patamar de meses até então considerados pico de infecções. Mas uma das estatísticas teve uma subida meteórica: a de casos ativos.

No dia 31 de outubro, a cidade contava com 3.762 casos ativos, aqueles com potencial de transmissão da doença, número que vinha dentro de um patamar de segurança. Porém, ontem, segundo boletim da Secretaria Municipal de Saúde, eram 13.582 os casos ativos em circulação, número 3,6 vezes maior que 30 dias antes.

No boletim de ontem Curitiba confirmava 970 novos casos de Covid-19 e 18 óbitos de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus. No dia 31 de outubro, o boletim trazia 393 casos novos e cinco óbitos.

No caso dos casos ativos, os números não param de subir diariamente desde o dia 4 de novembro. Neste dia eram 3.935 casos ativos na Capital. No dia seguinte o boletim atingiu a marca dos 4 mil casos. A virada para a casa dos 5 mil acontece no dia 12, e quatro dias depois os casos ativos invadiram a casa dos 6 mil.

Leia Mais »

Bolsonaro diz que eleições nos EUA foram fraudadas

 (crédito: Tânia Regô/Agência Brasil)Sem apresentar provas, o presidente Jair Bolsonaro disse, neste domingo (29/11), que a eleição presidencial dos Estados Unidos deste ano foi irregular. Aliado de Donald Trump, que saiu derrotado do pleito, o chefe do Palácio do Planalto disse não ter dúvidas de que houve fraude e garantiu ter “fontes de informações” que comprovam as suas suspeitas.

“Confiaram em um método onde o povo estava sempre com um objetivo. É um dos países que é ‘mãe da democracia’. Agora, a imprensa não divulga, mas eu tenho minhas fontes de informações, não adianta falar para vocês, não vão divulgar. Mas realmente teve muita fraude lá, isso ninguém discute”, afirmou o presidente brasileiro.

O comentário de Bolsonaro foi feito no Rio de Janeiro, logo após ele registrar seu voto no segundo turno das eleições municipais. Desde que o resultado do pleito norte-americano foi divulgado em 8 de novembro, confirmando a vitória de Joe Biden, o mandatário não reconheceu o resultado e nem enviou uma mensagem ao democrata. As informações são do Correio Braziliense.

Leia Mais »