Fábio Campana | Política, cultura e o poder por trás dos panos. - Part 2

Boca Aberta doa R$ 20 mil para o Hospital do Câncer de Londrina

O deputado federal Emerson Petriv (PROS-PR), conhecido como Boca Aberta, e o deputado estadual Matheus Petriv, o Boca Aberta Jr, doaram cerca de R$ 20 mil dos próprios salários ao Hospital do Câncer de Londrina. A doação foi feita neste domingo (28). Segundo Boca Aberta, todos os meses ele e o filho selecionam uma instituição de Londrina para receber a doação, um compromisso assumido por ele durante a campanha eleitoral de 2018.

O deputado foi questionado sobre a doação, e disse que além de um compromisso público, a ação também se trata de um ‘compromisso com Deus’. Em março, o deputado doou R$ 7 mil em espécie para a instituição.

Leia Mais »

CPI contra Moro e turma da Lava Jato está nas mãos de Maia

Radar, VEJA

A ação de aliados de Sérgio Moro para tentar evitar a instalação de uma CPI para investigar as relações do ex-juiz com procuradores da Lava Jato foi em vão.

Apesar do esforço do próprio ministro e em especial do deputado Capitão Augusto (PL-SP) para retirada de assinaturas em apoio à CPI, a tentativa não logrou êxito.

O pedido da oposição obteve 175 assinaturas. O mínimo eram de 171. Augusto conseguiu convencer nove signatários a tirar seus nomes, mas foi barrado pela Secretaria Geral da Mesa.

Leia Mais »

CPIs aumentam a transparência, diz Barros

O deputado federal Ricardo Barros(PP) afirmou que é favorável a instalação de CPIs que auxiliem a aumentar a transparência de atos públicos e ofereçam à população esclarecimentos sobre temas em discussão no Congresso Nacional. Barros disse ser a favor das CPIs da Lava Jato, Lava Toga e Vaza Jato.A declaração foi feita em entrevista ao programa “Os pingos nos Is” da rádio Jovem Pan.

“Sou a favor da CPI da Lava Jato, da Lava Toga e a Vaza Jato. Todas elas merecem oferecer à população uma opinião e um esclarecimento; se elas, obviamente, forem conduzidas com o espírito público que deve nortear toda ação do Congresso Nacional”.

Senadores paranaenses podem se unir em um único partido

da Gazeta do Povo

Desde o começo do ano o senador Alvaro Dias, líder do Podemos no Senado Federal, tem trabalhado para aumentar a bancada do partido na Casa. Os esforços têm gerado resultado: a legenda que tinha cinco parlamentares no começo do ano, agora tem dez e é a segunda maior do Senado. O objetivo de Alvaro é superar o MDB, com 13 cadeiras. Para isso ele segue arregimentando novos nomes e entre eles está o de outro paranaense, Flávio Arns, atualmente na Rede.

Arns tem afinidade ideológica e bom trânsito com a bancada do Podemos. Outo ponto que reforça o convite feito por Alvaro é o fato de a Rede, partido de Arns, não ter atingido em 2018 o número de votos para superar a cláusula de barreira. Com isso a legenda não tem acesso a recursos públicos e precisa redefinir seus rumos – inclusive com a possibilidade de fusão com outras legendas.

Leia Mais »

Estudantes do Paraná repudiam “Escola sem Partido”

O 47º congresso da UPE (União Paranaense dos Estudantes) aprovou neste final de semana, em Curitiba, uma moção de repúdio ao projeto de lei “escola sem partido” que pode ser votado nesta segunda-feira, 16, na Assembleia Legislativa. Os estudantes classificam o projeto como “nefasto” e afirmam que a votação foi suspensa no Paraná graças intervenção de “poucos e aguerridos deputados com o apoio dos movimentos sociais”, diz a moção proposta pela Juventude do PSB aprovada no encontro dos estudantes universitários.

Leia Mais »

Escola Sem Partido vai a plenário

O projeto de lei nº 606/2016, que institui no sistema de ensino estadual o Programa Escola Sem Partido, estará na pauta de votações da sessão plenária da próxima segunda-feira (16), na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). Assinado pelo deputado Ricardo Arruda e pelo hoje deputado federal Felipe Francischini, ambos do PSL, o texto, que será votado em primeiro turno, prevê que cartazes sejam colocados nas escolas públicas e privadas do Paraná, determinando limites que não poderiam ser ultrapassados pelos educadores para evitar o “doutrinamento” por parte de professores em salas de aula.

Leia Mais »

PT sofre derrota no MDB de Curitiba

do Tupan

A juíza de 2º grau Elizabeth M. F. Rocha derrubou a liminar que permitia ao ex-senador Roberto Requião e ao deputado estadual Requião Filho de realizarem a convenção municipal extra do partido em Curitiba, na Vila Torres.

A reunião anterior aconteceu no final de junho e foi indeferida pela Executiva Estadual por falta de quórum, com menos de 200 participantes.

A decisão acaba com a possibilidade do PT de fazer do MDB um braço da sigla do ex-presidente Luiz Inácio na capital paranaense, ao mesmo tempo coloca um fim na dinastia da família no comando da legenda.

Obras investigadas têm custo adicional de R$ 200 bilhões à União

A dificuldade do governo brasileiro em planejar, executar e entregar suas maiores obras e projetos no tempo estipulado cobra uma fatura dos contribuintes que chega a R$ 200 bilhões , o que permitiria cobrir dois terços do rombo anual da Previdência ou construir seis usinas iguais à de Belo Monte. É o que aponta um levantamento do GLOBO que analisou o custo inicial e o que efetivamente foi desembolsado em 14 dos maiores empreendimentos federais investigados nos últimos anos por operações como a Lava-Jato. As informações são Dimitrius Dantas e Gustavo Schmitt d’O Globo.

Leia Mais »

Defesa da lei e da democracia

Editorial, Estadão

Na última sessão de Raquel Dodge como procuradora-geral da República no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), vários discursos lembraram a elevada missão do Ministério Público. Como a Constituição estabelece no art. 127, compete-lhe “a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis”. Longe de ser uma questão protocolar, é de grande importância reafirmar, especialmente nestes tempos confusos, a missão institucional do Ministério Público, que deve submissão apenas à lei.

Leia Mais »

O agente ‘caixa preta da Lava-Jato’ na mira da PF

Depois da suspensão do delegado Mauricio Moscardi, mais um nome da PF será levado ao cadafalso: o agente federal Rodrigo Prado. Ele foi o responsável pela instalação ilegal do grampo na cela de Alberto Youssef e por selecionar os trechos da famosa conversa entre Dilma e Lula. Não por acaso, Prado é chamado de “a caixa preta da Lava-jato”. As informações são de Robson Bonin na Veja.

‘Brazil abaixo de tudo’, por Mary Zaidan

artigo de Mary Zaidan

Não há comprovação alguma da força eleitoral de um boné. Mas os candidatos e mandatários adoram a peça. Para cada ocasião o capelo ganha um apelo. Não raro, patético, exposto pelo político apenas para exibir o que imagina saber que o público da ocasião deseja.

O ex-Lula, hoje preso em Curitiba, vestia a cabeça com coloridas marcas do MST, da Caixa e de outros tantos, como o de hip hop, ritmo que possivelmente ele nem conhecia. Na campanha de 2006, até o insosso Geraldo Alckmin conseguiu arrancar gargalhadas ao cair no ridículo de aparecer enfiado em um jaleco de estatais, adornando a careca com um boné do Banco do Brasil para se mostrar contrário às privatizações que seu partido defendia.

Leia Mais »

Moro visita Bolsonaro e elogia recuperação: “O homem é forte”

O ministro Sergio Moro registrou no twitter a visita que fez ao presidente Jair Bolsonaro, neste domingo.

Mais da Metade dos estados do país estão com surto ativo de sarampo

O Brasil registrou 3.339 casos confirmados de sarampo em 16 estados, nos últimos 90 dias, segundo balanço divulgado hoje (13) pelo Ministério da Saúde. Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul passaram a fazer parte da lista de estados com surto ativo. O último boletim aponta que são 24.011 casos suspeitos no país, sendo que 17.713 (73,8%) estão em investigação e 2.957 (12,3%) foram descartados. Neste ano, foram confirmados quatro mortes por Sarampo. Três em crianças com menos de 1 ano de idade e um homem de 42 anos. Nenhum dos quatro haviam sido vacinados.

Leia Mais »

Deputados assinaram documento sem saber que se tratava da CPI, diz Joice

BR Político

A líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), está dizendo na internet que deputados foram enganados para assinar o requerimento de criação da CPI da Vaza Jato. “Muitos deputados alegam que foram enganados, que assinaram a CPI da Lava Jato sem saber do que se tratava”, disse. Para a criação da comissão, a oposição conseguiu 175 assinaturas. Dentre elas alguns deputados importantes de pardos de centro, incluindo lideranças. “Estou com minha equipe da Liderança do Governo no Congresso buscando medidas regimentais e jurídicas para enterrar essa aberração que quer transformar o mocinho em bandido”, disse Joice.

Com receio de traição, Bolsonaro troca núcleo duro do governo

Enquanto integrantes do que era considerada a cúpula da campanha eleitoral foram alijados do governo, o presidente Jair Bolsonaro se cercou de amigos de longa data, assessores dos tempos da Câmara ou auxiliares que contam com a bênção de seus filhos, principalmente a do vereador Carlos Bolsonaro . O novo núcleo duro, segundo interlocutores do Palácio do Planalto, reflete o constante receio de Bolsonaro de ser traído por aliados de ocasião. As informações são de Jussara Soares n’O Globo.

Leia Mais »

Olimpio pede que Bolsonaro mantenha Moro

Eduardo Barretto, Época

Temendo a demissão de Sergio Moro, o líder do PSL no Senado, Major Olimpio, dá um conselho militar a Jair Bolsonaro.

“Na escola de oficiais, aprendi que se o meu subordinado é muito bom, ele eleva o meu comando. E o Moro não é uma pessoa que diz que quer furar os olhos do Bolsonaro e ser candidato. Se eu fosse o Bolsonaro, eu não puxaria para mim a decisão sobre o diretor-geral da PF”, disse o senador.

Ele considera que a saída de Moro desmontaria o apoio dos entusiastas da Lava Jato ao governo Bolsonaro.

“A saída de Moro seria danosa demais. Moro ainda é uma figura inabalável para a maioria da população. Quando eu viajo com ele, parece que as pessoas estão recebendo a Madonna. Param tudo, com criança chorando para tirar foto”.

Pedalada promove a conscientização sobre a prevenção ao suicídio

Cerca de duzentas pessoas acordaram cedo neste domingo (15) para ajudar a mostrar, na usina de Itaipu, que o esporte pode ser um instrumento de alerta e precaução para um problema sério e silencioso, de abrangência global: o suicídio. Elas participaram do 1º Pedal Viver e Sorrir – passeio ciclístico promovido pelo Núcleo de Apoio à Vida de Foz do Iguaçu (Navifoz), em parceria com a Cia do Riso, como parte da campanha Setembro Amarelo na cidade.

A iniciativa teve como objetivo principal divulgar mensagens de conscientização e ajuda e, também, a adoção de práticas rotineiras de hábitos saudáveis – pedalar, por exemplo – como antídotos naturais contra as causas do ato de tirar a própria vida.

Leia Mais »

Minirreforma ministerial pode começar pelo turismo

O governo Bolsonaro deve realizar uma minirreforma ministerial após a aprovação das reformas da Previdência e Tributária. O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, já pode começar a arrumar gavetas. Além de enroladíssimo, seu desempenho é considerado sofrível. O presidente Jair Bolsonaro só não cogita substituir os três ministros do núcleo duro do governo, dos quais se orgulha muito: Sérgio Moro (Justiça), Paulo Guedes (Economia) e Tarcísio Freitas (Infraestrutura). A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Leia Mais »

PT se aproxima do PSOL

Fábio Zanini, Folha de S.Paulo

A um ano da eleição municipal, as legendas de esquerda se preparam para tentar evitar uma segunda onda conservadora do tamanho da que surpreendeu o mundo político em 2018.

Tradicionalmente acusado de não abrir mão de sua hegemonia no campo progressista, o PT promete que desta vez vai ceder espaço a nomes de outros partidos em cidades importantes. Mas os potenciais aliados ainda se mostram céticos.

Leia Mais »

Piana homenageado em Goioerê

O Presidente do Sistema Fecomércio Sesc Senac PR e vice-governador do Paraná, Darci Piana, foi homenageado nesta noite de sábado pela Associação Comercial e Empresarial de Goioerê com a comenda da entidade, pelos relevantes serviços prestados à classe empresarial e comercial do Paraná.