Portal da Transparência do governo Bolsonaro sai do ar em dia de 'leite condensado' | Fábio Campana

Portal da Transparência do
governo Bolsonaro sai do ar
em dia de ‘leite condensado’

A reação de Bolsonaro foi a costumeira. Tirou o Portal da Transparência do ar e está atrás do responsável pela publicação da absurda lista de gastos do presidente com produtos alimentícios. Nesta terça, viralizou uma matéria do portal Metrópoles, segundo a qual o governo Bolsonaro gastou R$ 15 milhões com leite condensado e R$ 2,2 milhões com chichetes, entre outros itens alimentícios, no ano de 2020. A matéria, que cita dados do Ministério da Economia – que estavam no Portal da Transparência. Segundo o texto, o gasto do Poder Executivo com alimentos no ano foi 20% maior que em 2019.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*