Justiça suspende processos de Beto Richa na Operação Quadro Negro | Fábio Campana

Justiça suspende processos de Beto Richa na Operação Quadro Negro

O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) acatou pedido de liminar feito pela defesa do ex-governador Beto Richa e suspendeu quatro processos sobre a Operação Quadro Negro. As suspensão vale até que sejam publicadas decisões da Justiça Eleitoral e do Supremo Tribunal de Justiça (STJ). É o que informa o portal Bem Paraná.

Como se sabe, o Ministério Público do Paraná (MPPR) investigou desvios de pelo menos R$ 20 milhões em obras de escolas públicas. Na decisão, a desembargadora Priscilla Placha Sá diz que aguardar a decisão definitiva do STJ sobre o desmembramento ou não das investigações “é prudente sob pena de se causar grave prejuízo à defesa do ora paciente.”

O TJ-PR mandou os processos de Beto Richa na Quadro Negro para a Justiça Eleitoral em março do ano passado. Porém, em julho, o Tribunal Regional Eleitora do Paraná (TRE-PR) determinou o arquivamento de possível crime eleitoral e declinou a competência para julgamento. Com isso, os processos foram devolvidos para a Justiça comum. Em dezembro passado, a Justiça autorizou a retomada dos processos e marcou audiências nos processos para 9 de fevereiro de 2021.


7 comentários

  1. gil souza
    sábado, 9 de janeiro de 2021 – 11:26 hs

    Questão de tempo para prover sua inocênçia…..

  2. paulão
    sábado, 9 de janeiro de 2021 – 18:50 hs

    Este corrupto deveria estar preso !!!!

  3. PitBull
    domingo, 10 de janeiro de 2021 – 9:21 hs

    Quem tem padrinho não morre pagão…

  4. Val
    domingo, 10 de janeiro de 2021 – 14:17 hs

    Quanto o sr Beto Lixo pagou aos senhores corruptos !!

  5. Robson Andrade
    domingo, 10 de janeiro de 2021 – 21:59 hs

    A corrupta já está se mostrando

  6. tadeu rocha
    segunda-feira, 11 de janeiro de 2021 – 8:58 hs

    parabens beto,

  7. NÃO VOTE EM QUEM JÁ FOI
    quinta-feira, 14 de janeiro de 2021 – 23:18 hs

    Viva a impunidade.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*