Curitiba volta à bandeira amarela | Fábio Campana

Curitiba volta à bandeira amarela

O risco é enorme. Ainda mais agora que há evidências de que variantes mais agressivas do coronavírus estão em circulação na cidade. Mas nada disso convence a prefeitura e os empresários a manter as restrições sanitárias. Curitiba retorna para a bandeira amarela nesta quinta-feira (28/1) após 61 dias de medidas restritivas, sob bandeira laranja.

Mercados, shoppings e outros comércios voltam a funcionar aos domingos. Bares continuam proibidos.

Estabelecimentos destinados a eventos culturais, como circos, teatros, cinemas, museus, estão liberados com limitação de público: 50% da capacidade. Já estabelecimentos de eventos sociais, como casas de festas, têm limitação de 50 pessoas.

A pontuação dos indicadores de avaliação da pandemia atingiu 1.94, no limite da bandeira laranja.

“A colaboração da população foi importante para esse respiro que a cidade ganhou, mas o que vai sustentar a bandeira amarela são os cuidados como o uso de máscara, higiene das mãos e, principalmente, não aglomerar. A pandemia está longe de acabar”, diz Márcia Huçulak, secretária municipal da Saúde de Curitiba.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*