Carol Dartora, 1ª vereadora negra de Curitiba, sofre ameaça de morte | Fábio Campana

Carol Dartora, 1ª vereadora negra
de Curitiba, sofre ameaça de morte

A primeira vereadora negra eleita em Curitiba Ana Carolina Dartora (PT) recebeu ameaças de morte e ataques racistas neste sábado (5). Ela recebeu as ameaças por email. Em entrevista ao Bem Paraná, a vereadora informou que nesta segunda (7) fará boletim de ocorrência no Núcleo de Combate aos Cibercrimes da capital e que já providenciou reforço na sua segurança e de sua equipe. “Já estamos formando uma rede de proteção pra segurança pessoal e domiciliar. As autoridades foram comunicadas e todas as providências estão sendo tomadas para que seja garantida minha segurança e da minha equipe. Eles combinaram de nos matar, combinamos de ocupar tudo”, disse a vereadora.

A mensagem é bastante ofensiva e assinada como Ricardo Wagner Arouxa. “Sua aberração fedorenta, cabelo de ninho de mafagafos. Enquanto você ganha um salário de vereadora, apenas por ser uma macaca, eu estou desempregado, minha esposa está com câncer de mama e estamos vivendo de auxílio emergencial. Eu juro, mas eu juro, que vou comprar uma pistola 9 mm no Morro do Engenho aqui no Rio de Janeiro e uma passagem só de ida para Curitiba e vou de te matar. Nada vai me impedir de te matar e me matar em seguida”, diz um trecho da ameaça, que também contém o endereço da vereadora em Curitiba.


3 comentários

  1. SERGIO SILVESTRE
    domingo, 6 de dezembro de 2020 – 16:21 hs

    Esse povo oriundos dos grotões do nazismo estão acostumados a matar vereadores negras,o ódio tem cor e origem,é disseminado por essa facção que está no poder.

  2. segunda-feira, 7 de dezembro de 2020 – 7:14 hs

    Isso é muito triste, tenho perto de 50 anos e também estou vivendo de auxilio emergencial, tomo remédio para depressão há 15 anos, tenho ainda pressão alta e diabetes.

    Apesar de também sofrer preconceito por ter depressão, pois tem gente que quando tô meio nervoso pergunta aquela pergunta infame, “já tomou teu gardenal hoje?” não quero matar ninguém.

    Não, eu não votei na Ana Carolina, por um motivo muito simples, eu conheci a Ana Carolina depois de eleita. Se a conhecesse antes, teria votado nela. Talvez venha a votar nela na próxima eleição, para deputada. Quem duvida?

    É muito triste saber dessas ameaças, mas racismo existe sim, senhor!
    Vai avante Carol Dartora, luta por teus irmãos de cor e por todos nos outros que também sofremos preconceito.

    Preconceito existe, sim, senhor!
    Racismo existe, sim, senhor!

  3. Edson Luiz
    segunda-feira, 7 de dezembro de 2020 – 9:28 hs

    Isso é um completo absurdo!
    Saibam todos que nunca mais haverá retrocessos de direitos e liberdades nesse país.
    Cadeia para os bandidos covardes que fizeram isso, um verdadeiro atentado contra a democracia!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*