Após zerar perdas do ano, Ibovespa cai | Fábio Campana

Após zerar perdas do
ano, Ibovespa cai

Durante a manhã, o principal índice do mercado de ações brasileiro, o Ibovespa, chegou a ultrapassar 115,7 mil pontos, zerando as perdas do ano. Mas, no início da tarde, este cenário já foi alterado. O dólar também, que chegou a R$ 5,01, voltou a subir.

A  moeda americana começa a tarde perto da máxima, a R$ 5,10, os juros futuros acompanham com abertura das taxas e a Bolsa de Valores de São Paulo, a B3, opera em queda, um pouco acima da mínima.

O mercado começou a precificar no fim da manhã dificuldades para a votação da LDO nesta semana, com manifestação da oposição, de que não deve aceitar votar a lei antes de se apreciar os vetos presidenciais remanescentes na pauta. E depois o Estadão/Broadcast informou que o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) protocolou projeto para prorrogar o pagamento do auxílio até 31 de março de 2021.

Não há acordo, porém, sobre a extensão de gastos extraordinários no próximo ano. A pressão para a prorrogação do auxílio emergencial decorre da falta de perspectiva sobre a vacinação contra a covid-19 no País. Já no exterior, o apetite por risco domina as mesas em meio ao começo da vacinação nos Estados Unidos e a decisão de Londres e Bruxelas de continuar a negociar o acordo comercial pós-Brexit. As Bolsas operam em alta na Europa e em Nova York, onde os índices acionários renovaram as máximas históricas intraday.

Às 13h25, a divisa estrangeira estava cotada a R$ 5,11, um avanço de 1,3%, e o Ibovespa ficava aos 114,9 mil pontos, recuo de 0,15%.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*