Serginho do Posto (DEM) tenta engavetar denúncia de nepotismo | Fábio Campana

Serginho do Posto (DEM) tenta engavetar denúncia de nepotismo


O vereador Serginho do Posto (DEM) não quer que a nomeação ilegal de seus parentes seja investigada pelo Conselho de Ética da Câmara Municipal. Ele apelou para o Judiciário e conseguiu suspender temporariamente a investigação da denúncia de nepotismo apresentada pelos sindicatos contra ele e contra os vereadores Toninho da Farmácia (DEM), Julieta Reis (DEM) e Fabiane Rosa (PSD).

A nomeação de parentes de vereadores para cargos e funções gratificadas na Prefeitura é uma prática ilegal, expressamente proibida pela Lei Orgânica do Município. A denúncia foi apresentada pelos Sindicatos em setembro e o interrogatório dos acusados e das testemunhas estava previsto para o dia 11 de novembro.

O pedido de liminar se apoia em argumentos fracos, que podem ser facilmente contestados pelo presidente do Conselho de Ética, vereador Bruno Pessuti (Podemos) e pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Sabino Picolo (DEM). Resta saber se haverá vontade política dos dois para recorrer da decisão como forma de garantir que o Legislativo tenha liberdade para exercer seu papel de fiscalização.

O SISMUC e o SISMMAC não foram incluídos como parte interessada na ação movida por Serginho do Posto, mas os sindicatos ingressarão com um pedido judicial para que também possam recorrer da decisão.

Ao apelar para o Judiciário para tentar engavetar a investigação, Serginho do Posto passa por cima das normas e do Código de Ética da Câmara Municipal, mostrando mais uma vez seu desprezo com o papel de fiscalização que cabe aos vereadores. Foi esse mesmo desprezo que Serginho do Posto demonstrou quando presidia a Câmara Municipal e aceitou passar por cima do regimento da casa para agredir os servidores e transferir às pressas a votação do projeto de ajuste fiscal para a Ópera de Arame.


Um comentário

  1. tadeu rocha
    sexta-feira, 6 de novembro de 2020 – 14:19 hs

    agora que povo tem que dar troco, muda já. vamos mudar tudo vereador,

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*