Ratinho Jr matou a pau a eleição | Fábio Campana

Ratinho Jr matou a pau a eleição

Poucos são tolos o suficiente para acreditar que o governador Ratinho Jr não participou das eleições municipais deste ano. Seu partido venceu em 1/3 dos municípios. E na eleição principal, a de Curitiba, seu concluo com o prefeito Rafael Greca de Macedo funcionou à perfeição.

Ao retirar Ney Leprevost do páreo w nomear Eduardo Pimentel na vice, transferindo-o antes do PSDB para a sua legenda, o PSD, selou a reeleição do prefeito. Fez mais. Negociou com os outros candidatos competitivos e, de uma forma ou outra, fez com que desistissem de sua candidatura e apoiassem Greca. Assim apeou Luciano Ducci, do PSB; Luizão, que passou do PT para o Republicanos sem nenhum pudor; e defenestrou Gustavo Fruet, do PDT, que sem constrangimento ficou candidato por bom tempo, a ponto de retardar a candidatura do partido que o substituiu, Goura, o segundo colocando no pleito.

Esta manobra, que os políticos consideram de mestre, matou a pau alguns preceitos democráticos e uma disputa que poderia render bom debate democrático, inclusive sobre o próprio governo de Ratinho Jr, que tem oferecido pautas polêmicas que a pandemia encobre, como o congelamento dos salários dos servidores; a privatização da estatal Copel Telecom; a militarização das escolas públicas, a redução de verbas para o ensino e a cultura.


6 comentários

  1. Aguirre
    terça-feira, 17 de novembro de 2020 – 16:30 hs

    Ao retirar Leprevost do páreo mostrou alguma preocupação com Curitiba.

  2. ímpio
    terça-feira, 17 de novembro de 2020 – 19:09 hs

    O texto dá a entender que os prefeito de Pinhais, professor Luizão trocou o pestismo pelo partido do Edir Macedo, mas ele já se elegeu deputado federal por esta legenda. É mais do que óbvio que o Ratinho saiu desta eleição mais forte do que entrou, é o mais forte cacique político na política paranaense atual. As velhas lideranças ficaram no passado, o Jaime não conseguiu emplacar o seu amigo de anos com vereador, mas fiasco mesmo foi o de Maria Louca, metido a coach de candidatos os viu comerem poeria no gosto do povo. O sobrinho até que se saiu bem, com a votação obtida volta tranquilamente à Câmara Federal.

  3. Palpiteiro
    quarta-feira, 18 de novembro de 2020 – 9:53 hs

    Quanto exagero…menos…

  4. celso
    quarta-feira, 18 de novembro de 2020 – 10:56 hs

    O que fizeram com o Deputado Federal Ney Leprevost, é inaceitável, considerando que esta vez ele seria eleito Prefeito de Curitiba, sem sombra de dúvidas.

  5. quarta-feira, 18 de novembro de 2020 – 11:04 hs

    A Politica e ou os Politicos Precisam ser Renovados,,Para Que os Novos Entrem com Vontade de Trabalhar e servir o Povo..Né;;;;;;;;;;;;;

  6. SERGIO SILVESTRE
    quarta-feira, 18 de novembro de 2020 – 12:20 hs

    Sempre o dono da lata de lavagem será eleito independentemente do tanto de porcos que ele abate ali ao lado,aqui no Parana a coisa é ainda piór,

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*