Prefeitura abre diálogo com bares e restaurantes para controlar a Covid | Fábio Campana

Prefeitura abre diálogo com bares e restaurantes para controlar a Covid

Nas últimas semanas, os números da Covid-19 voltaram a assustar os paranaenses. Em Curitiba, a preocupação com uma segunda onda da doença começou a ganhar força e preocupar as autoridades. Pensando nisso, no final da tarde da segunda-feira (16), um dia após a reeleição do prefeito Rafael Greca, a Secretaria Municipal de Saúde recebeu representantes de bares e restaurantes da capital paranaense e abriu um diálogo importante sobre formas para controlar a Covid-19.

Entre os participantes do encontro estavam a secretária municipal da saúde, Márcia Huçulak; Alcides de Oliveira, diretor do Centro de Epidemiologia da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba; e Luciano Bartolomeu, diretor executivo da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Paraná (Abrasel – PR). A ideia das entidades é desenvolver campanhas educativas para que os jovens saibam a importância da prevenção de dos cuidados relacionados ao coronavírus.

“A secretária Márcia Huçulak deixou claro que a prefeitura ainda não pensa em medidas mais restritivas na cidade de Curitiba. Mas para que o cenário não se agrave, é preciso que os curitibanos tenham noção de que ainda estamos vivendo em um período de pandemia, sendo fundamental a manutenção dos cuidados básicos que envolvem higienização constante, uso de máscaras e distanciamento social”, comenta Luciano Bartolomeu, que representou, também, o Sindicato dos Trabalhadores no Comércio Hoteleiro, Meios de Hospedagem e Gastronomia de Curitiba e Região (Sindehotéis) e o Sindicato das Empresas de Gastronomia, Entretenimento e Similares do Município de Curitiba (SindiAbrabar).

A Abrasel – PR se comprometeu, juntamente com outras entidades do setor, a elaborar e executar as campanhas, que terão como foco o público jovem. “Vamos envolver os bares e restaurantes na criação de ações especiais que destaquem assuntos relacionados ao coronavírus. As pessoas precisam entender que é possível se divertir de maneira segura. Todos estamos em busca de entretenimento seguro, e isso está ao nosso alcance, basta um pouco mais de responsabilidade”, explica Bartolomeu.

Nos próximos dias, o diretor executivo da Abrasel – PR irá se reunir com outros representantes do segmento para discutir os próximos passos da ação conjunta. “Precisamos agir com urgência, e afirmo com toda certeza que os empresários do setor da alimentação fora do lar e do entretenimento estão dispostos a contribuir para que a nossa cidade mantenha a Covid controlada. Até o final da semana já quero ter ações definidas para apresentarmos para a prefeitura”, completa Luciano Bartolomeu. (Bem Paraná)


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*