Encontro Huck-Moro indica que DEM não está fechado com Doria para 2022 | Fábio Campana

Encontro Huck-Moro indica que DEM não está fechado com Doria para 2022

Doria e Moro retomam conversas para ex-ministro participar do Governo de SPA repercussão do encontro de Luciano Huck e Sergio Moro, revelado pela Folha, mostrou a políticos da centro-direita que o DEM não está fechado com João Doria (PSDB) para 2022, está disposto a conversar por uma aliança com outro nome e que há um forte viés pró-Huck na cúpula do partido.

Segundo aliados, os planos do governador é lançar o vice Rodrigo Garcia (DEM) para o governo do Estado em troca do apoio da sigla ao seu nome para a presidência. Para potenciais aliados, Doria tem que se mostrar viável fora de São Paulo antes disso.

A menção de Sergio Moro, no Globo, a uma candidatura de Hamilton Mourão (PRTB) em 2022 não é aleatória. O ex-juiz tem dito nos bastidores que, para enfrentar Jair Bolsonaro, é preciso atrair parte dos militares insatisfeitos com o governo. O presidente já indicou que pretende descartar o vice na disputa pela sua reeleição.

A reação positiva dos mercados à vitória de Joe Biden foi lida por um importante investidor como um forte indício de que, tanto nos EUA quanto no Brasil, há uma preferência crescente à alternativa moderada de governante. (Folha)


2 comentários

  1. Palpiteiro
    terça-feira, 10 de novembro de 2020 – 11:04 hs

    Não há dúvida que Moro e Huck são os preferidos da Globo. Vai apostar todas as fichas em seus pupilos para acabar com os intermediários.

  2. Ras Tafari
    terça-feira, 10 de novembro de 2020 – 11:15 hs

    O Nhonho como toda a esquerda agora resolveram rotular o Moro de ser de extrema direita, acreditam que ele jogava como um ponta bem aberto pela esquerda, só pode ser esta a conclusão. Sérgio Moro nunca foi armamentista, isto foi uma das coisas que sempre irritou o Bolsonero e a famiglia dele, ele é odiado porque mandou para a cadeia o 51, porque cadeia é lugar para ladrão condenado em segunda instância, ou pelo menos era. A tal reunião do Moro com o apresentador narigudo da Poderosa tocou fogo no circo, gente como o Nhonho que sonha um dia subir a rampa do Planalto caiu como um pesadelo, “agora vem aí alguém que já é uma pedra no meu caminho”, porque o Centrão não tem candidato viável, crível e com a mínima chance de emplacar um presidente da república.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*