Precisava prender o seu José e o Matheus do bar Seu Prudêncio? | Fábio Campana

Precisava prender o seu José e o Matheus do bar Seu Prudêncio?


Seu José Sperandio e seu filho Mateus, pai e filho, empresários, são donos do mui simpático restaurante Seu Prudente, na rua Prudente de Morais. Pois os dois foram presos pela AIFU, a brigada armada formada por PMs e Guardas Municipais, uma policia sanitária organizada para impor as restrições baixadas para diminuir o contágio de coronavírus. Os dois empresários foram responsabilizados por aglomeração na rua diante do restaurante.

Tudo bem que o bicho é brabo, a COVID-19 mata e há muita gente imprudente. O policiamento e a fiscalização punitiva são justificáveis. O que não se justifica são os métodos. O uso excessivo da força. A incapacidade para o diálogo. A PM chegou com a fiscalização, fechou o restaurante e prendeu seu José, de 70 anos, e seu filho Matheus, que reagiram diante da decisão policial de fechar o estabelecimento. Pior. Há notícia de agressão policial contra o seu José.

Pois bem, acho que a AIFU, que não se perca também pelo nome, pode e deve agir, mas é necessário que tenha tolerância e compreensão com os pequenos empresários que estão quase falindo por causa das restrições. O velho seu José é pessoa muito querida na área. Seu filho também. Não são criminosos. apenas lutam como podem para sobreviver.


5 comentários

  1. Renato Andrade
    sábado, 17 de outubro de 2020 – 22:22 hs

    As pessoas debocham da lei e depois não querem as consequências

  2. Leandro Ribas
    domingo, 18 de outubro de 2020 – 9:54 hs

    Esse setor de bares quer o vale tudi… todos merecem respeito, inclusive os servidores da AiFU

  3. Guarda Municipal André
    domingo, 18 de outubro de 2020 – 11:29 hs

    Se estivessem cumprindo a lei, não seriam presos. Simples assim!

  4. ZÉ DA CUIA
    domingo, 18 de outubro de 2020 – 21:32 hs

    VERGONHA! Essa AIFU e a PM só vão fiscalizar quem trabalha corretamente, no centro, no Batel, etc. Aí eles são machos. Agora, quando é p/ ir lá na vila Pinto, na boca do fumo, são tudo cagão. VERGONHA essa AIFU, VERGONHA essa PM como sempre covarde! Fora gracanalha!

  5. OBSERVADOR ATENTO
    segunda-feira, 19 de outubro de 2020 – 21:41 hs

    O respeito à lei e ao próximo é fundamental neste momento de Pandemia. Certamente ignoraram as orientações da autoridades sanitárias e questionaram a presença dos policiais.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*