O roteiro diferente do Goura | Fábio Campana

O roteiro diferente do Goura


Onde anda o Goura? Pois, pois, o candidato do PDT à Prefeitura de Curitiba tem um plano de campanha bastante diferente dos demais. Evita carreatas e aglomerações. Não é visto nas áreas centrais da cidade. Não faz alardes nas redes. Prefere seguir um roteiro que começa nos bairros mais pobres e esquecidos pela atual administração: o Tatuquara e o Campo do Santana, onde moradores mostraram para Goura como a região é desprezada na Lei Orçamentária Anual. Eles garantem que são discriminados porque o atual prefeito só realiza obras do interesse das classes mais abastadas, relegando as que mais precisam da ação da prefeitura ao esquecimento.

Na Vila Monteiro Lobato Goura ouviu a reclamações indignadas sobre a falta de fiscalização para evitar o despejo de lixo irregular, colocando em risco as pessoas que ali vivem, e a completa falta de infraestrutura na região.


6 comentários

  1. John
    sábado, 3 de outubro de 2020 – 21:41 hs

    Começou dando um belo exemplo, em plena pandemia apertando a mão das pessoas.

  2. Isadora Pinto
    domingo, 4 de outubro de 2020 – 9:13 hs

    Deixa eu entender.

    Pela foto, o sujeito anda em turma, entra na casa das pessoas, cumprimenta dando a mão.

    E as ordens que ele e a esquerda gostam de dar a todos, o #fiqueemcasa, não valem? E a compaixão com os pobres, que podem ser infectados com o corpo-a-corpo?

  3. Gustavo Reis
    domingo, 4 de outubro de 2020 – 9:42 hs

    Promete uma ciclovia pra vila Monteiro Lobato que tá tudo certo. Pinta uma faixa no asfalto ou no anti-po e chama de ciclovia.

  4. tadeu rocha
    segunda-feira, 5 de outubro de 2020 – 8:46 hs

    agora só bairros mais pobre, só agora que viram, agora dar o troco nesse papudos

  5. Gerson Melkieke
    segunda-feira, 5 de outubro de 2020 – 12:33 hs

    Provavelmente não votarei nele, mas é louvável se preocupar com a periferia, sempre abandonada pelas administrações municipais de Curitiba. Meus parabéns, Goura!

  6. André
    segunda-feira, 5 de outubro de 2020 – 16:43 hs

    Quando vejo este candidato só consigo pensar em uma versão piorada da administração do Fruet.

    Os hippongos falam para agradar a todos, sem detalhar, na prática, as soluções que pretendem adotar para melhorar a cidade. No fim das contas, temos uma Curitiba completamente degradada e sem investimentos, impedidos de criticar para não soarmos “higienistas”, enquanto a turminha do bem nos leva para o buraco. Este filme já vi antes!

    Reconheço que o Goura é um importante parlamentar de oposição, principalmente nas pautas ambientais, mas mais do que isso é suicídio.

    Tô fora!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*