Ministério da Economia será desmembrado | Fábio Campana

Ministério da Economia
será desmembrado

Bolsonaro: 'O homem que decide a economia no Brasil é um só: chama-se Paulo Guedes' - Jornal O GloboPoder360 – O governo está preparando um possível desmembramento do Ministério da Economia. Essa divisão, porém, será feita por etapas. Na 1ª devem ser desmembradas as áreas de Previdência e Trabalho.

O Poder360 apurou que o ministro Paulo Guedes não vê a mudança como dramática. O motivo: ambas as áreas já tiveram reformas. A trabalhista, no governo Temer, e a previdenciária, na gestão Bolsonaro.

Ao assumir o Planalto, Bolsonaro resolveu criar um superministério para Guedes: Fazenda; Planejamento; Trabalho; e Indústria, Comércio Exterior e Serviços foram agrupadas em um só.

Guedes se transformou em um dos ministros mais fortes da história. Além de comandar 4 pastas, nomeou sozinho os presidentes das principais estatais (Petrobras, Banco do Brasil e Caixa) e de inúmeras autarquias. Isso nunca havia acontecido desde a redemocratização, em 1985.

Há um consenso entre os apoiadores políticos de Bolsonaro: fracassou a estratégia de concentrar tanto poder na mão de um só ministro. A ideia é reverter a fusão no início de 2021.


Um comentário

  1. SERGIO SILVESTRE
    quinta-feira, 8 de outubro de 2020 – 17:28 hs

    Essa governo vai terminar com 50 ministérios ,governo de psicopatas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*