"Banana de pijama", "Maria fofoca", o bate boca no governo Bolsonaro | Fábio Campana

“Banana de pijama”, “Maria fofoca”,
o bate boca no governo Bolsonaro


A polêmica envolvendo o ministro Ricardo Salles (Meio Ambiente), que reagiu a “fofocas e intrigas” que “atrapalham o governo Jair Bolsonaro”, lançou luz sobre uma queixa crescente contra a assessoria do ministro-chefe da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos. Ministros e parlamentares aliados estão convencidos de que saem daquela pasta, que funciona no Palácio do Planalto, as intrigas plantadas em órgãos de imprensa, em geral atribuídas a uma fantasiosa “ala militar” do governo.

Ao se utilizar da expressão “maria fofoca”, o ministro Ricardo Salles se referia a uma assessora de Ramos, cuja identidade não revelou. Após Salles reagir às “fofocas”, no Twitter e depois durante entrevista à Rádio Bandeirantes, entrou em campo a “turma do ‘deixa disso’”.

Poucos acreditam que Ramos faça intrigas. Afável e simpaticão, “ele ri até de barulho de xícaras”, diz um ministro com gabinete no Planalto.


Um comentário

  1. SERGIO SILVESTRE
    sábado, 24 de outubro de 2020 – 13:56 hs

    É um governo “fuleiro” é que desgosto esses militares hein,são piores que os políticos,sentam no colo por ma boquinha,imaginem esses retardados numa guerra.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*