Só um acidente derruba Rafael Greca | Fábio Campana

Só um acidente derruba Rafael Greca


Se a pesquisa do Instituto Paraná estiver certa, será muito difícil derrotar o prefeito Rafael Greca de Macedo nas eleições de novembro. Na pesquisa estimulada, que reproduz a situação real de voto, Greca chega a 40% das intenções de voto, mais que a soma dos índices de seus adversários. E pode crescer, a mesma pesquisa mostra que 71,3% aprovam a gestão municipal e 25,1% desaprovam.

O que pode derrotar Greca? Só ele mesmo, dizem políticos, estrategistas e marqueteiros estacionados no Centro Cívico. Um declaração adversa, uma frase mal posta, uma denúncia grave. É isso que seus opositores esperam encontrar.

É verdade que as circunstâncias ajudaram o prefeito. A começar pela Pandemia, que imobilizou os candidatos que se veem quase limitados a campanha na internet, enquanto que o prefeito está permanentemente em atividade na mídia. A máquina também pesa, e muito, a favor do prefeito.

De acordo com a Resolução-TSE nº. 23.600/2019, essa pesquisa estáregistrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o nº PR- 04183/2020.


3 comentários

  1. Desmotivado
    sexta-feira, 4 de setembro de 2020 – 10:44 hs

    Vivemos um momento horrível com relação a saúde, o correto nesse momento seria uma trégua entre os postulantes, pois o clima é péssimo para eleições. Façam o que sempre fazem de melhor na política, um bom acordo para o futuro. Com certeza será o melhor cenário

  2. Palpiteiro
    sexta-feira, 4 de setembro de 2020 – 11:39 hs

    Greca só perde se bater com as dez. De resto esta eleição vai surpreender pela abstenção. Somente funcionários públicos, que não recebem a grana no fim do mês se não apresentarem o tíquete (coisa ditatorial) vão votar em massa. O resto vai debandar. Culpa da pandemia, é claro…

  3. sábado, 5 de setembro de 2020 – 10:34 hs

    Não Sou Funcionário Público..Sou um Brasileiro Que Vai Votar no Gréca Por Competencia e Méritos,,em Um Pais Democrático Sempre Devemos Comparecer as Urnas……………………………………….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*