Líder do governo confirma criação de imposto de 0,2% sobre transações | Fábio Campana

Líder do governo confirma criação de imposto de 0,2% sobre transações

Novo líder do governo, Eduardo Gomes diz que há 'número forte' para reformas — Senado NotíciasO líder do governo no Senado, Eduardo Gomes (MDB-TO), confirmou que a proposta de reforma tributária do governo federal determina a criação de um imposto sobre transações com alíquota de 0,2%. A declaração foi feita à Rádio Bandeirantes na manhã desta 2ª feira (28.set.2020).

“Se aprovada essa possibilidade de imposto, será apresentada no momento com a seguinte regra: não se pode aumentar carga tributária. A população não pode pagar mais impostos”, disse o senador.

“Precisamos apresentar para a sociedade o que o governo do presidente Jair Bolsonaro vai fazer com relação à desoneração para retirar impostos de setores estratégicos, diminuindo a carga tributária e garantindo mais geração de emprego”, declarou.

Para exemplificar o funcionamento do novo imposto, Gomes disse que, em uma operação de R$ 1 milhão, o contribuinte pagaria R$ 2 mil. As informações são do Poder360.

O senador também comentou as recentes declarações do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que se disse contra a criação de 1 imposto sobre movimentações financeiras. Gomes disse acreditar na possibilidade de acordo.

“A forma como o presidente Rodrigo Maia dirige a Câmara dos Deputados, no sentido de amparar reformas de modernização do Estado fará com que a gente tenha um acordo do bem para que a gente possa construir essas medidas todas que precisam ser tomadas, já que nós passamos seis meses numa economia de guerra por conta da pandemia do coronavírus”, afirmou.


Um comentário

  1. PitBull
    segunda-feira, 28 de setembro de 2020 – 22:57 hs

    Que reforma tributária é essa que, ao invès de diminuir, aumenta imposto?
    Tudo bem que os políticos sempre tacharam o povo brasileiro de otário
    Vamos engolir mais essa ?
    Cadê o MAIA que era contra ?
    Tudo acertado por baixo dos panos ?
    ANATHEMA SIT

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*