Foz: promotor pede controle rígido na Ponte da Amizade | Fábio Campana

Foz: promotor pede controle
rígido na Ponte da Amizade

O Promotor do Ministério Público em Foz, Dr. Luis Marcelo Mafra, mostrou-se preocupado com a reabertura da Ponte da Amizade, anunciada pelo Paraguai para a próxima terça-feira, 29. Mafra teme que, se não houver um protocolo rígido de segurança sanitária, a saúde de Foz do Iguaçu entre em colapso.

“Eu alertei nesta manhã (quarta, 23),  ao grupo de enfrentamento à Covid-19 em Foz: nós necessitaremos de um rígido controle para o ingresso de brasileiros que estejam no Paraguai, ou mesmo de paraguaios, que em território nacional” afirmou.

“A duras penas nós ainda não vivenciamos um colapso na saúde de Foz. O gestor ao longo de todos esses meses foi criando novos leitos e com isso garantiu que todos os pacientes pudessem ser atendidos, tanto no Hospital Municipal, com apoio extremamente decisivo do Hospital Costa Cavalcanti. No entanto, se esses protocolos não fores seguidos, isso tudo pode se perder” alertou. As informações são da Rádio Cultura de Foz.

De acordo com o promotor, está alertando todas as autoridades responsáveis. “Estou provocando todas as autoridades responsáveis, talvez o governo central desconheça esse fato específico, mas precisamos tratar isso de uma forma muito responsável para que não paguemos o preço alto por um eventual descompasso na saúde” salientou.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*