Câmara de Curitiba aprova em 1º turno crédito de R$ 32 milhões para Urbs e Cohab | Fábio Campana

Câmara de Curitiba aprova em 1º turno crédito de R$ 32 milhões
para Urbs e Cohab

Plano de recuperação prevê que mutuários da COhab possam ficar até três meses sem pagar prestações — Foto: Divulgação/CohabA Câmara Municipal de Curitiba aprovou em primeiro turno, na quarta-feira (9), a abertura de créditos suplementares de R$ 18 mihões à Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) e de R$ 14 milhões à Urbanização de Curitiba (Urbs).

O objetivo do crédito é garantir aos dois órgãos capital para execução de um plano de recuperação econômica para a cidade, aprovado em agosto.

O plano prevê que pessoas que têm financiamento de habitações populares com a Cohab possam ficar até 90 dias sem pagar prestações sem a cobrança de novos juros. O crédito suplementar deve financiar a medida. As informações são do G1.

Segundo o texto, a suspensão das prestações só pode ser concedida a mutuários que estão com o financiamento em dia e que solicitarem previamente o benefício.

No caso da Urbs, a previsão é que o crédito cubra descontos e isenções concedidos pelo órgão a taxistas e concessionários que exploram espaços e lojas em mercados ou espaços públicos.

O recursos são provenientes do superávit que o município teve em 2019.

A medida foi aprovada por unanimidade, com 30 votos favoráveis, e deve voltar à pauta para segunda votação na segunda-feira (14), segundo a Câmara Municipal.

Crédito para empresários

Uma proposta para que a prefeitura seja garantidora de crédito de financiamentos concedidos a pequeno e microempreededores também foi aprovada pelo vereadores na quarta-feira.

São R$ 10 milhões, que serão usados quando os empresários que tiverem financiamento em aberto não conseguirem pagar parcelas aos bancos.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*