Ricardo Barros culpa Fachin pela morte de Nelson Meurer | Fábio Campana

Ricardo Barros culpa Fachin pela morte de Nelson Meurer

O deputado Ricardo Barros (PP-PR), que foi relator da Lei de Abuso de Autoridade, culpa Edson Fachin, ministro do Supremo Tribunal Federal, pela morte do ex-deputado Nelson Meurer na prisão, vítima de Covid-19. Barros criticava a decisão de Fachin que cassou a liminar do presidente do STF, Dias Toffoli, em entrevista ao programa Bastidores do Poder, da Rádio Bandeirantes (veja o vídeo, abaixo), e fez o paralelo: “é puro ativismo político dele, como fez quando matou Nelson Meurer na cadeia”. Meurer, 78, foi o primeiro político condenado à prisão na Lava Jato. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Meurer tinha hipertensão, diabetes e havia passado por recente cirurgia cardíaca. Contraiu Covid-19 na prisão, mas Fachin não o liberou.

“Fachin faz parte da Lava Jato”, acusou Barros, “é membro honorário”, ao criticar a decisão “inconstitucional” que “não se sustentará” no STF.

Para ele, ao pedir acesso às investigações, “a PGR busca apenas conferir a legalidade” de tudo o que foi feito na Lava Jato”.

Ricardo Barros garante respeitar a ação da força-tarefa contra a corrupção, mas “se a Lava Jato fez tudo dentro da lei, não há por que fazer esse esperneio”


6 comentários

  1. PitBull
    terça-feira, 4 de agosto de 2020 – 16:52 hs

    Abriu a boca para falar besteira…
    Com o devido respeito ao ser humano, mas todo ladrão deveria mofar na cadeia…

  2. Paulão
    terça-feira, 4 de agosto de 2020 – 18:57 hs

    O ex Deputado Meurer foi um tremendo corrupto, e tinha que cumprir sua pena . Portanto não podemos culpabilizar o Ministro Fachin pela sua decisão. O que temos a fazer é verificar quantos brasileiros padeceram com desvios de dinheiro publico que provocaram falta de assistência medica, falta de segurança publica. Quanto a isso os corruptos deste país nada falam , e ficam quietinhos no seu canto.

  3. sergio
    quarta-feira, 5 de agosto de 2020 – 7:06 hs

    Devemos entender que muitos políticos são culpados por muitas mortes.

  4. roberto
    quarta-feira, 5 de agosto de 2020 – 7:42 hs

    O culpado pela morte foi o roubo cometido pelo ladrão. Se fosse honesto, estaria em casa, morreria dignamente. Como optou pelo crime, morreu desgraçadamente.Triste demais.

  5. O PROFETA
    quarta-feira, 5 de agosto de 2020 – 8:17 hs

    Quando te pegarem vai ser a mesma coisa.

  6. Olho Vivo
    quarta-feira, 5 de agosto de 2020 – 8:44 hs

    Não sou fã desses ministros do STF, mas botar a culpa em um ministro pela morte de um corrupto que estava preso????? A culpa é integral do deputado hoje falecido, se ele não tivesse se corrompido não estaria preso pagando por seus crimes, estaria em casa curtindo a família.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*