Procuradores da Lava Jato se arrependem de voto em Bolsonaro | Fábio Campana

Procuradores da Lava Jato se arrependem de voto em Bolsonaro

Os procuradores da Lava Jato em Curitiba que votaram em Jair Bolsonaro em 2018, acreditando que o PT desmontaria a engrenagem de combate à corrupção, têm afirmado privadamente que se arrependeram do voto.

Consideram que Bolsonaro está trabalhando deliberadamente para matar não só a Lava Jato, mas todas as condições que permitiram seu surgimento.

Ninguém diz que preferia ter votado no PT. Arrependem-se de não ter votado nulo. As informações são da revista Época.

(Atualização, às 21h53 de 2 de agosto de 2020: A assessoria de imprensa do MPF em Curitiba enviou nota em que afirma que a força-tarefa “jamais teve preferência por candidato, político ou partido, mas defende a causa anticorrupção e a democracia, de modo apartidário”. “O grupo sempre foi formado por integrantes com entendimentos políticos e ideológicos diversos, o que se traduziu em diferentes votos no primeiro e segundo turnos das eleições, os quais convergem plenamente na realização de um trabalho jurídico técnico em favor da sociedade”, informou o texto.)


9 comentários

  1. segunda-feira, 3 de agosto de 2020 – 11:15 hs

    Pois eu to na mesma. Votei no Bolsonaro e vi que foi como fazer um, buraco na água. O governo dele é um governo fraco.

    Fabio, prepare teu site para ser visualizado em celular.

  2. OBSERVADOR ATENTO
    segunda-feira, 3 de agosto de 2020 – 11:19 hs

    Não são somente os procuradores que se arrependem de ter votado em Bolsonaro. Grande parte de seus eleitores, principalmente aqueles que de bom senso e equilibrados, também se arrependem.

  3. Palpiteiro
    segunda-feira, 3 de agosto de 2020 – 11:38 hs

    Não há nada pior que o arrependimento dos crocodilos. São as famosas lágrimas de crocodilos. Falem sério.

  4. Gustavo Henrique
    segunda-feira, 3 de agosto de 2020 – 12:57 hs

    É possível que somente o gado do Bolsonaro, continua com ele, porquê eu votei nele no segundo turno por falta de opção, mas o arrependimento da minha família é muito grande, estamos com o Sergio Moro, em 2022…

  5. SERGIO SILVESTRE
    segunda-feira, 3 de agosto de 2020 – 13:26 hs

    O mundo da voltas,esses caras ainda vão pagar o prejuizo que deram ap Brasil,farsa,espionagem,plantar provas,prisões manjadas,e tem uma cumplicidade do TRF 4.

  6. Parreiras Rodrigues
    segunda-feira, 3 de agosto de 2020 – 13:46 hs

    Votei em Álvaro no primeiro turno. Em Bolsonaro no segundo, para varrer o PT. Sabendo do arrependimento. Vou fundar o PA, o Partido dos Arrependidos, Imbatível na próxima eleição. rsrsrsrsrsrs…

  7. LUIS SANTOS
    segunda-feira, 3 de agosto de 2020 – 17:07 hs

    CALMA! O pior desse desgoverno AINDA não comecou, MAS eh visível o desespero de seus seguidores e que continuam bovinamente dizendo AMEM nós cercadinhos da Vida!

  8. Paulão
    segunda-feira, 3 de agosto de 2020 – 19:20 hs

    O Bolsonaro é o maior estelionato eleitoral da história deste País, o cara é um tremendo mentiroso e muito do que ele faz atualmente tem semelhanças com o Lula – loteamento do governo c/centrão, maracutaias dos filhos e medidas populistas. Além disso é por demais incompetente, arrogante e faz uso de linguagem chula.
    Isso tudo não é surpresa para ninguém, pois ao longo de 28 anos como Dep.Federal sempre foi uma nulidade

  9. PitBull
    terça-feira, 4 de agosto de 2020 – 9:59 hs

    #MORO PRESIDENTE 2022

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*