'Não posso tirar de pobres para dar a paupérrimos', diz Bolsonaro sobre Renda Brasil | Fábio Campana

‘Não posso tirar de pobres para dar a paupérrimos’, diz Bolsonaro sobre Renda Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que recusou a proposta enviada pela sua equipe econômica do Renda Brasil, reformulação do Bolsa Família.

Ele participou, nesta quarta (26), de cerimônia de retomada de funcionamento de um alto forno da Usiminas, em Ipatinga (MG), fechado em decorrência da pandemia.

“Ontem discutimos a possível proposta do renda Brasil e eu falei ‘tá suspenso’. Vamos voltar a conversar. A proposta que a equipe econômica apareceu pra mim não será enviada ao parlamento. Não posso tirar de pobres para dar para paupérrimos”, disse. As informações são da Folha.

O ministro Paulo Guedes (Economia) avisou ao presidente Jair Bolsonaro que o novo programa social do governo só terá benefício médio superior a R$ 300 se as deduções do IR (Imposto de Renda) da pessoa física forem extintas.

O presidente falou do auxilio emergencial de R$ 600 em tom de autoelogio ao seu governo, sem saber ainda precisar o valor do benefício que continuará até o fim do ano. “Resolvemos estender até dezembro. O valor não será R$ 200 nem R$ 600”, disse. “Lamentavelmente como é emergencial, tem que ter um ponto final.”

Segundo ele, o auxílio “é pouco para quem recebe, mas muito para um país que se endivida”.

O presidente ainda disse que a tendência para 2020 era de que o país crescesse 3%. “Mas infelizmente apareceu um imprevisto, o tal do vírus que veio de fora”, disse.

Para a reformulação do Bolsa Família, que passará a se chamar Renda Brasil, Guedes apresentou propostas de parcelas entre R$ 240 e R$ 270, a depender do desenho da assistência e da extinção de outros programas. Bolsonaro pressiona para que o valor chegue a pelo menos R$ 300.

Bolsonaro finalizou o discurso aludindo ao seu slogan. “Ipa… Ipatinga, né? Ipatinga acima de tudo e Deus acima de todos.”


Um comentário

  1. PitBull
    quarta-feira, 26 de agosto de 2020 – 17:30 hs

    Guedes não está sendo fritado, passou do ponto, torrou…
    E a economia de mal a pior …
    Se não houver corte de gastos, não tem milagre…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*