Bolsa cai 1,4% com investidor fugindo dos riscos; dólar sobe a R$ 5,41 | Fábio Campana

Bolsa cai 1,4% com investidor fugindo dos riscos; dólar sobe a R$ 5,41

Com os investidores fugindo dos riscos, o dólar se fortalece tanto contra moedas de países emergentes quanto ante o real, frente ao qual ampliava o ritmo de alta. No mercado acionário, a queda dos principais índices em Nova York também influenciam negativamente a Bolsa de Valores de São Paulo, a B3, que já cede ao patamar dos 102 mil pontos, após ter fechado aos 104 mil pontos ontem.

No noticiário desta última hora, o secretário especial da Receita Federal, José Tostes Neto, repetiu há pouco que a proposta do governo para unificar o PIS e a Cofins na reforma tributária é compatível com a acoplagem do ICMS estadual e do ISS municipal. Ele afirmou ainda, durante entrevista que ainda está ocorrendo, que o aumento dos serviços na economia justifica base ampliada da CBS. As informações são do Estadão.

E o tema do meio ambiente segue na pauta, com o secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec), Carlos da Costa, afirmando há instantes que o governo se preocupa com meio ambiente, apesar da mídia dizer o contrário

Nos Estados Unidos, a ação da Boeing cai mais de 1% na Bolsa de Nova York após acidente na Índia envolvendo um avião fabricado pela companhia. Às 16h35, o índice Dow Jones recuava 0,13%, S&P500, 0,25% e Nasdaq, 1,20%. O contrato futuro mais líquido do ouro fechou o pregão desta sexta-feira em baixa, com realização de lucros após as altas recentes e pressionado pela força do dólar, mas registrou ganhos na semana e se manteve acima dos US$ 2.000 a onça-troy.

As ações do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, contra os aplicativos chineses TikTok e WeChat foram tomadas por preocupações sobre segurança, disse nesta sexta o assessor de Comércio da Casa Branca, Peter Navarro.

No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice de ações do mercado brasileiro, caía 1,46%, aos 102.605,91 pontos. No câmbio, o dólar no segmento à vista tinha alta de 1,30%, a R$ 5,4197. Nas casas de câmbio, de acordo com levantamento realizado pelo Estadão/Broadcast, o dólar turismo é negociado perto de R$ 5,60.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*