Vereadora Fabiane Rosa é transferida para a Penitenciária Feminina de Piraquara | Fábio Campana

Vereadora Fabiane Rosa é
transferida para a Penitenciária
Feminina de Piraquara

A vereadora de Curitiba Fabiane Rosa (PSD), presa em uma investigação sobre a prática do esquema de ‘rachadinha’ dentro do gabinete, foi transferida para a Penitenciária Feminina de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Fabiane foi presa pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná (MPPR) nesta segunda-feira, 27 de julho. Segundo as investigações, ex-funcionários da parlamentar fizeram a denúncia ao Gaeco, afirmando que eram obrigados a devolver parte dos salários para a vereadora.

Nesta segunda foi cumprido um mandado de busca e apreensão no gabinete de Fabiane Rosa, na Câmara Municipal de Curitiba. Em seguida, ela foi levada para o Gaeco para prestar depoimento, mas foi presa, por já existir um pedido de prisão contra a parlamentar.

Jeffrey Chiquini, advogado de Fabiane, frisou ainda que o pedido de prisão foi precipitado, “amparado em fatos pretéritos e sem sustento probatório”. O advogado ressaltou ainda que “a verdade será reestabelecida”.

Sobre o caso envolvendo Fabiane Rosa, a Câmara Municipal de Curitiba afirmou que não vai se manifestar. (Bem Paraná)


3 comentários

  1. Rogério
    terça-feira, 28 de julho de 2020 – 12:46 hs

    Se fossem presos todos políticos corruptos e que promovem a rachadinha no país, iriam faltar cadeia neste país, prender vereador e fácil, queria ver prender senadores, deputados federais, aí sim , teria esperança de ver o Brasil melhor.

  2. SERGIO SILVESTRE
    quarta-feira, 29 de julho de 2020 – 15:05 hs

    Deu pobrema na rachadina da vereadora!

  3. NÃO VOTE EM QUEM JÁ FOI
    quinta-feira, 30 de julho de 2020 – 12:09 hs

    SS, bunda tatuada. Até que enfim você escreveu um comentário coerente.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*