Leprevost cobra socorro às pequenas empresas | Fábio Campana

Leprevost cobra socorro
às pequenas empresas

Pré-candidato à prefeitura de Curitiba nas eleições deste ano, o deputado federal Ney Leprevost (PSD) critica a falta de atenção da atual gestão do prefeito Rafael Greca (DEM) para a grave crise vivida pelas pequenas e micro empresas da Capital paranaense, duramente atingidas pelas restrições à atividade econômica motivadas pela pandemia do Covid-19. Leprevost defende a aprovação de projeto em discussão na Câmara Municipal, que prevê a criação de uma linha de crédito com “juro zero” para esses setores pela administração municipal. E também a suspensão da cobrança do Imposto sobre Propriedade Territorial Urbano (IPTU) para as empresas que tiveram que ficar fechadas em razão das medidas tomadas pela prefeitura.

“Considero o projeto de juro zero uma ótima iniciativa, mas o prefeito não demonstrou interesse em colaborar com as pequenas e microempresas. Ele priorizou as grandes empresas, como as de ônibus”, afirma, referindo-se ao subsídio criado por Greca para socorrer as concessionárias do transporte coletivo de Curitiba. “Seria o justo não ser cobrado de imóveis comerciais que estão com as atividades paralisadas e não estão podendo trabalhar em razão das medidas sanitárias tomadas pela prefeitura”, defende. As informações são do Bem Paraná.

Para Leprevost, o enfrentamento dos efeitos econômicos da pandemia será justamente um dos principais problemas a serem enfrentados pela próxima administração. “Acredito que Curitiba vai sofrer muito com o desemprego. Estimular formas criativas de fomento da economia e da geração de empregos vai ser um dos desafios do próximo prefeito”, avalia. “A prefeitura falhou muito na questão do coronavírus. Fechou muito antes”, considera ele.

Leprevost, no momento, está conversando com partidos como o Solidariedade e o Patriotas, visando uma coligação para a disputa pela prefeitura. E diz não acreditar que o PSD possa abrir mão de uma candidatura própria, até pelo interesse dos candidatos a vereador em ter um cabeça de chapa forte, diante da proibição das coligações proporcionais nas eleições deste ano. “Para os vereadores e candidatos não é bom negócio o PSD não ter candidato próprio”, explica.

Fake News

O deputado espera ainda que avance na Câmara Federal o projeto de combate às “fake News”, de quem ele diz ter sido vítima nas eleições de 2016, quando chegou ao segundo turno contra Greca. “Se não houver uma forma de combater as ‘fake news’ e não for feito nada, não vamos eleger prefeitos, vamos eleger ‘prefakes’”, prevê.


Um comentário

  1. Dudu
    quarta-feira, 29 de julho de 2020 – 9:54 hs

    O Ney sempre pensando e Defendendo a População em Todas as Áreas! #CURITIBAPEDENEY
    Enquanto o Atual prefeito so esta pensando em asfalto !
    #FORAGRECA

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*