Em São Paulo, quarentena prorrogada até 10 de maio | Fábio Campana

Em São Paulo, quarentena prorrogada até 10 de maio

O governador João Doria (PSDB) confirmou a prorrogação da quarentena no estado de São Paulo por causa da pandemia de coronavírus até o dia 10 de maio.

“Até o dia 10 de maio, domingo, está prorrogada a decisão no estado de São Paulo, valendo a prorrogação para os 645 municípios do estado de São Paulo. A prorrogação foi amparada pelo Grupo de Contingência da Covid-19, um comitê médico composto por 15 membros, são especialistas, eles que orientam todas as decisões tomadas pelo governo do estado de São Paulo e também da Prefeitura de São Paulo”, afirmou o o Governaor do Estado de São Paulo, João Doria.

Confira, no Leia Mais, o que pode funcionar durante este período em São Paulo.

Poderão continuar funcionando na quarentena:

Hospitais, clínicas, farmácias e clínicas odontológicas;
Transporte público, táxis e aplicativos de transporte;
Transportadoras e armazéns;
Empresas de telemarketing;
Petshops;
Deliverys;
Supermercados, mercados, açougues e padarias*;
Limpeza pública;
Bancas de jornais;
Bancos, lotéricas e correspondentes bancários;
Postos de combustível;
Fábricas.
*padarias não poderão permitir o consumo no estabelecimento.

Portas fechadas:

Comércio;
Bares;
Restaurantes;
Cafés;
Casas noturnas;
Shopping centers e galerias;
Academias e centros de ginástica;
Espaços para festas, casamentos, shows e eventos;
Escolas públicas ou privadas.
*Bares, cafés e restaurantes podem manter o funcionamento em sistema de delivery e/ou drive thru.


Um comentário

  1. sergio gonçalves
    domingo, 19 de abril de 2020 – 18:14 hs

    O PSDB de São Paulo investiu muito pouco em Saúde, e o sistema deles já está entrando em colapso. O Doria não consegue mais jogar para a torcida,
    Será que essas medidas vão resolver.
    A população não está respeitando o isolamento social.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*