Coreia do Sul e China negam rumores sobre saúde de Kim Jong-un | Fábio Campana

Coreia do Sul e China negam rumores sobre saúde de Kim Jong-un

da VEJA

Fontes dos governos da Coreia do Sul e da China negaram rumores de que o ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, estaria em estado grave após passar por uma cirurgia cardiovascular no início do mês. A informação foi divulgada na noite de segunda-feira 20 pela imprensa americana, mas rapidamente desmentida por membros da alta cúpula de Seul e Pequim nesta terça-feira, 21. A Coreia do Norte não se manifestou. Diante da contradição das informações e da falta de acesso ao que acontece na política norte-coreana, o mistério perdura.

Somente em um país como a Coreia do Norte, que controla totalmente o acesso de seus cidadãos a qualquer informação do mundo exterior e usa avançadas tecnologias e mão de ferro para impedir o vazamento de dados para o restante do globo, seria possível esconder um acontecimento tão significativo como a internação em estado gave de um chefe de Estado, por exemplo.

Na noite de segunda, a emissora americana CNN confirmou com fontes do Departamento de Inteligência dos Estados Unidos que Kim, de 36 anos, estava em estado grave após uma cirurgia cardiovascular no início de abril. O jornal sul-coreano Daily NK, especializado na cobertura da Coreia do Norte, também afirmou que o ditador estava recebendo tratamento em um resort no Monte Kumgangsan, na costa leste do país.

Ainda segundo o NK, a saúde de Kim teria se deteriorado nos últimos meses devido ao seu vício no cigarro, obesidade e longas horas de trabalho. Especulações aumentaram após o ditador não comparecer às festividades de 15 de abril, aniversário do avô dele, Kim Il-sung, fundador da Coreia do Norte, que morreu em 1994. Kim foi visto quatro dias antes em uma reunião do governo.

Nesta terça, contudo, um porta-voz da Presidência da Coreia do Sul afirmou ao jornal The Guardian que “não há nada para confirmar os rumores” e que “nenhum movimento especial foi detectado” dentro do país até agora. Uma fonte do Departamento de Relações Internacionais do Partido Comunista da China também afirmou que não há indícios de que Kim esteja doente.


8 comentários

  1. terça-feira, 21 de abril de 2020 – 12:14 hs

    O demônio está esperando com festa esse. FDP assassino.

  2. terça-feira, 21 de abril de 2020 – 13:57 hs

    Tô sabendo que morreu agora, festa no inferno, um FDP a menos no mundo.

  3. NÃO VOTE EM QUEM JÁ FOI
    terça-feira, 21 de abril de 2020 – 15:47 hs

    Se existir mesmo a justiça divina, este carniça já deveria estar sentado no colo do diabo.

  4. Stryge
    quarta-feira, 22 de abril de 2020 – 12:30 hs

    Papo furado da imprensa americana, nem os aliados chineses sabem o que fato acontece no vizinho. Os sul coreanos é que estão certos, só acreditam vendo, não se iludem como a CNN que, quer antecipar um “furo”, como se nos dias de hoje isto ainda fosse possível.

  5. SERGIO SILVESTRE
    quarta-feira, 22 de abril de 2020 – 16:03 hs

    Poderia acompanhar ele mais dois genocidas ,o Trump e o Bolsonaro

  6. YARA RANDS
    quarta-feira, 22 de abril de 2020 – 16:44 hs

    O homem está vivo e poucos percebem o quanto esse gorducho eh marqueteiro e dissimulado! Bah! O Álvaro Henrique está mais desinformado que marido traído!😂
    Yara RANDS. -. Joinville/SC

  7. FUI !!!
    quarta-feira, 22 de abril de 2020 – 19:00 hs

    Deixem de publicar estas notícias deste comunista. Se morreu ou não, que seja esquecido. Não perdemos nada.

  8. NÃO VOTE EM QUEM JÁ FOI
    quarta-feira, 22 de abril de 2020 – 20:38 hs

    Sergio Silvestre, bunda tatuada. Eu acho que você sonha em ter um relacionamento sexual com o Bolsonaro. Claro, você de costas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*