Boris Johnson deixa hospital | Fábio Campana

Boris Johnson deixa hospital

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, hospitalizado há uma semana com Covid-19, deixou o hospital neste domingo (12). Ele não vai voltar ao trabalho imediatamente e permanecerá em casa, se recuperando.

O balanço da universidade americana Johns Hopkins até as 9h50 deste domingo aponta que o Reino Unido tem 79,8 mil casos confirmados e 9,8 mil mortes devido à pandemia.

Johnson, 55 anos, foi levado ao hospital St. Thomas, em Londres, no domingo (5). Dez dias antes, ele havia testado positivo para o Sars-Cov-2, o novo coronavírus. Ele passou três noites em terapia intensiva (UTI) antes de retornar a uma ala de cuidados na quinta-feira (9).

“Por indicação de sua equipe médica, o primeiro-ministro não retornará imediatamente ao trabalho. Ele deseja agradecer a todos em St Thomas ‘pelo brilhante atendimento que recebeu”, afirma a rede de notícias britânica BBC.


Um comentário

  1. Mattia Pascal
    segunda-feira, 13 de abril de 2020 – 18:23 hs

    Este era outro que não acreditava na “gripezinha” até que pegou-a. Aí baixou na UTI e saiu de lá dando graças a Deus e aos médicos por não ter ido se encontrar com Jesus na Semana Santa. Quem está precisando provar desta gripezinha é este boçal do presidente, mas como atleta e contando com a ajuda inestimável de dezenas, centenas, milhares de pastores rogando ao Senhor Jesus pela saúde dele, não fica nem 24 horas no hospital.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*