Medidas para famílias de baixa renda | Fábio Campana

Medidas para famílias de baixa renda

O Governador do Paraná Ratinho Junior (PSD) anunciou, na tarde desta terça-feira (24), um novo plano de medidas econômicas para ajudar famílias de baixa renda por causa do coronavírus. O pacote econômico soma mais de R$ 400 milhões, de acordo com o governador.

As que dependem de merenda escolar, por exemplo, receberão kits de alimentos a partir desta quinta-feira (26), mesmo com as aulas suspensas. De acordo com o governador, 320 mil famílias serão beneficiadas com quatro mil toneladas de alimentos.

Com isso, a compra dos produtos de agricultura familiar também foi ampliada passando de 22 mil para 25 mil famílias. Os produtos devem ajudar na merenda escolar, entidades sociais e hospitais filantrópicos.

“Todas as medidas giram em torno de soluções que já estão acontecendo em outros países por onde o coronavírus passou ou tem passado. Nós estamos analisando diariamente o que os países que tem tido sucesso no combate ao coronavírus tem feito pra que a gente possa, também, ter essa mesma inspiração e as mesmas decisões”, disse o governador.

O boletim mais recente da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) apontou 70 casos do novo coronavírus, nesta terça-feira (24). Dez novos casos foram confirmados em um dia.

Serviços afetados pelo coronavírus no Paraná
O governador também anunciou o aumento da tarifa social de energia elétrica de 165 mil para 217 mil famílias do estado. Elas não precisarão pagar as contas por 90 dias de maneira obrigatória. Nesse período, também não haverá corte de energia para as famílias de baixa renda do estado e hospitais filantrópicos.

Famílias de baixa renda também não terão o corte de abastecimento de água durante 90 dias.

O governo, através da, Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), também determinou a suspensão por três meses da mensalidade de 18 mil famílias que adquiriram a casa própria.

“Temos que ter muita paciência. Muita calma. É um período que vai requerer muita dedicação de todos nós no sentido de ter paciência e se organizar com as suas famílias e cuidar dos idosos. Esse é o nosso foco principal”, destacou Ratinho.


Um comentário

  1. Palpiteiro
    terça-feira, 24 de março de 2020 – 18:32 hs

    Que sacrifícios farão os estados? Reduzir salarios de deputados e magistrados? As contas de luz e telecomunicações pagam 1/3 de ICMS para o estado do PARANÁ. As pessoas vão ficar em casa gastando mais luz, água, etc. O estado dará descontos nos impostos? Ninguém quer lagar a teta da vaca… Só papo furado…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*