Delatores da Lava Jato no STF devolveram R$1,3 bi | Fábio Campana

Delatores da Lava Jato no STF devolveram R$1,3 bi

O Antagonista

Delatores da Operação Lava Jato que tiveram acordos homologados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) ressarciram aos cofres públicos R$ 1,3 bilhão. Ao todo, a Procuradoria-Geral da República monitora o cumprimento de 222 colaborações – a maior parte é ligada à empreiteira Odebrecht.

Dados do Sistema de Monitoramento de Colaborações (Simco) indicam que até quarta-feira (12/2) foram depositados R$ 832.558.804,77 em multas e R$ 478.180.337,78,em perdimento de bens, entre montantes em moedas estrangeiras – que estavam em paraísos fiscais – e objetos, como joias, imóveis e veículo, apreendidos pela Justiça por terem sido comprados com dinheiro ilícito.

Pelo sistema, os colaboradores estão divididos em cinco núcleos: econômico, administrativo, financeiro, político e outros – sendo 155 do núcleo econômico, 25 do administrativo, 16 do financeiro, 7 do político e 19 não se enquadram nas categorias acima. Esses valores não incluem os acordos de leniência que são fechados pelas empresas.


Um comentário

  1. Jorge
    segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020 – 22:11 hs

    Por isso muitos políticos. notadamente PT ,PSOL e PCdB são contra o ministro

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*