Cartórios batem recorde e arrecadam R$ 15,9 bilhões em 2019 | Fábio Campana

Cartórios batem recorde e arrecadam R$ 15,9 bilhões em 2019

do Poder360

A arrecadação dos cartórios brasileiros atingiu um novo recorde nominal: R$ 15,9 bilhões em 2019. Os dados da plataforma Justiça Aberta do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) indicam que as serventias tiveram receita de R$ 97 bilhões de 2013 até o ano passado (sem correção monetária). As informações continuam sendo atualizadas diariamente. Ou seja, a arredação ainda deve aumentar.

Nos últimos 7 anos, os cartórios arrecadaram quase o mesmo que toda economia do Paraguai arrecada em 1 ano (PIB de aproximadamente US$ 30 bilhões) e mais que 5 vezes a economia do Suriname (US$ 4 bilhões).


5 comentários

  1. jose
    quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020 – 10:13 hs

    ISSO É UM ABSURDO. O que eles fazem mesmo, que agrega valor aos cidadãos???. Quando ocorre alguma falsificação, ai não tem responsabilidade.

  2. Intruso
    quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020 – 10:54 hs

    Para onde vai toda essa grana?? Como conseguir gastar tudo isso???

  3. Fernando
    quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020 – 12:26 hs

    …uma carimbada…uma rubrica…
    Lá se vão vintão (R$ 20,00), se tiver qualquer número no texto que possa ser interpretado como valor do documento…sobe…(R$ 30,00).
    A informática veio para reduzir custos operacionais e ganhar agilidade em todos os setores…menos nos cartórios.
    Cartório é igual construção de igreja, nunca pode parar…serviço hereditário…feudo.

  4. isaac
    quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020 – 21:37 hs

    uma escritura custa por exemplo $ 1000,00 reais se não tivesse cartório um advogado cobraria pelo menos $ 10.000,00 mas o maior problema e você na hora de comprar um imóvel tira certidão no registro mas poderá perder o imóvel por uma ação de qualquer tipo,

  5. QUESTIONADOR
    quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020 – 10:33 hs

    -Esse dinheiro que os cartórios arrecadam prestam contas? Se submetem à Transparência? Para onde vai o dinheiro arrecadado??
    -Estas “concessões” deveriam sofrer auditorias frequentes por parte do Ministério Público!!
    -Como os cartórios não vão acabar tão cedo…impõe-se o rigor da lei sobre a atuação deles…e que estas ações não encareçam os serviçso prestados e quem acaba pagando é povo…
    -Somente no Brasil que cartório tem tanto poder para infernizar a vida do cidadão de bem!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*