Alvaro quer reduzir o Congresso | Fábio Campana

Alvaro quer reduzir o Congresso


O senador Alvaro Dias (Podemos-PR) defende a redução no número de deputados e senadores, e lembrou que isso aconteceu recentemente na Itália, sendo uma medida estudada em outros países, o que reforçaria sua tese. Ele acrescentou que também é favorável à diminuição do número de partidos políticos representados no Congresso.

— Não queremos a extinção dos partidos, mas queremos normatização, para que sejam representados ou tenham representação no Parlamento os partidos que obtiverem um percentual de votos exigido pela legislação, compatível com as aspirações da sociedade — explicou. 

Para o senador paranaense, a economia seria brutal por não ser apenas a eliminação de mandatos, mas a eliminação de gabinetes, de recursos destinados à água, luz, papel, telefone, carros, auxílio moradia, verba indenizatória e tratamento de saúde. Alvaro Dias lembrou que o Congresso foi obrigado a aprovar uma dura reforma da Previdência, porque houve a falência do sistema. E que essa reforma impôs sacrifícios ao povo, pois os trabalhadores terão que trabalhar mais e por mais tempo, se aposentar mais tarde e receber uma aposentadoria inferior. Ele defendeu que os parlamentares também deem sua contribuição.

Fonte: Agência Senado


7 comentários

  1. Gustavo
    sábado, 15 de fevereiro de 2020 – 13:42 hs

    Novamente esse cidadão com as demagogias de sempre. Tem q ter estômago.

  2. Juliano
    domingo, 16 de fevereiro de 2020 – 7:31 hs

    Vamos começar por ele!
    #Fora Álvaro Dias!

  3. skeleton
    domingo, 16 de fevereiro de 2020 – 13:26 hs

    KKK o Álvaro não deve andar lendo jornais e vendo telejornais, não sabe que até o presidente quer criar um partido próprio, só dele e dos filhos? Pois é Álvaro, para não passar por desinformado ou ridículo retire estas ideias, avançadas demais para um país com um pé no futuro e outro no passado.

  4. zangado
    segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020 – 8:49 hs

    Para muita gente, em nosso desastrado país, o ideal não pode existir.

  5. Alaor
    segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020 – 10:07 hs

    Pelo amor de Deus, passou da hora de se aposentar,,

  6. Doutor Prolegômeno
    segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020 – 12:07 hs

    Boa ideia. A eliminação do senado e dos senadores, cujo papel e pífio da república de bananas, seria um ótimo começo.

  7. johan
    segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020 – 22:43 hs

    Caro Fábio, comungo com as idéias do Senador Alvaro, porém caminho por outra linha. Vamos solicitar a extinção dos Fundo Partidário e do Fundo da Vergonha Eleitoral. No momento que não tiverem mais recursos para serem desviados desse fundo, ficarão em atividade apenas os partidos com lastro eleitoral. O Senador poderia então encaminhar a sugestão de extinção desses envergonhados fundos e continuar sua defesa, caso contrário não falamos mais nesse assunto. Que tal essa proposta senador. Chega de patriotada. Atenciosamente.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*