Vereadores de Rio Branco do Sul terão salário reajustado em 25% | Fábio Campana

Vereadores de Rio Branco do Sul terão salário reajustado em 25%

Passa a valer a partir do ano que vem o reajuste de 25% no salário dos vereadores de Rio Branco do Sul, na região metropolitana de Curitiba. O valor passará dos atuais R$ 6 mil para R$ 7,5 mil. A mudança faz parte de projeto de lei aprovado por unanimidade em dezembro pelos vereadores da cidade e promulgado na semana passada pela Câmara Municipal. De acordo com a resolução publicada no Diário Oficial dos Municípios do Paraná, além do reajuste os vereadores também terão direito ao pagamento do 13° salário e um terço de férias no valor de R$ 2,5 mil. As mudanças foram aprovadas para a próxima Legislatura, que vai de 2021 a 2024. As informações são da BandNews FM Curitiba.


5 comentários

  1. Paulão
    quarta-feira, 15 de janeiro de 2020 – 11:58 hs

    É uma vergonha, pois nada produzem e nada fazem para melhorar as condições de vida do povo desta comunidade.

  2. quarta-feira, 15 de janeiro de 2020 – 12:44 hs

    TÁ BOM DEMAIS NÉ,,COISA..E O NOSSO AUMENTOU SÓ 4%….??????????????????????……..FALA SÉRIO………………….

  3. FERNANDO
    quarta-feira, 15 de janeiro de 2020 – 14:16 hs

    Caro Fabio, isso é um caso de polícia. A população local, deveria chamar a Gaeco, para prender esses Vereadores safados, malandro, desocupados, assaltantes dos cofres públicos. Fabio, onde estava falando almoçando com um grupo de amigos, e estavam conversando, esse pais não têm mais jeito. Fabio, somente existe uma solução para nossos filhos e sair do Pais.

  4. Luiz Flavio
    quinta-feira, 16 de janeiro de 2020 – 8:47 hs

    Vamos aos números:
    Município com 32500 habitantes, cuja arrecadação muito provavelmente não cobre os custos do funcionalismo público. Só de secretários municipais são 15 ( com seus respectivos assessores), sem contar o prefeito e seu vice. No legislativo, pasmem, são 11 vereadores, mais os funcionários concursados, mais um sem número de assessores, por que vereador tem por que tem que ter assessor, e por aí vai. Uma total falta de bom senso, que a população calada, assiste sentadinha na poltrona.

  5. jorge
    quinta-feira, 16 de janeiro de 2020 – 17:18 hs

    Tudo frutos da constituição “redentora” de 89, de Ulysses e seus cúmplices. Antes vereadores não tinha salário, se reuniam uma vez por semana. Também não havia os “cargos comissionados”

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*