Polícia prende suspeito de ser o "maníaco do Sandero" | Fábio Campana

Polícia prende suspeito de ser o “maníaco do Sandero”

da Banda B

Um homem, de aproximadamente 50 anos e suspeito de ser o criminoso que ficou conhecido como “maníaco do Sandero”, foi preso por uma equipe do 13ª Batalhão da Polícia Militar, no final da tarde desta segunda-feira (6), na Avenida Brasília, no bairro Xaxim, em Curitiba. A prisão aconteceu após uma vítima ter sido importunada sexualmente pelo indivíduo, anotado a placa do veículo utilizado por ele e avisado as autoridades. Segundo informações da PM, o homem preso foi reconhecido pela vítima e seria motorista de Uber.

De acordo com o tenente Voltolini, o carro conduzido pelo suspeito tem as mesmas características do usado pelo maníaco. “Uma ligação para o 190 feita por uma vítima que informou ter sofrido uma importunação sexual de um indivíduo em um Sandero prata e que conseguiu anotar a placa do veículo nos levou até o suspeito. As viaturas patrulhavam atentamente, localizaram o carro na altura da avenida Brasília, fizeram o acompanhamento e conseguiram abordar o suspeito”, relatou o tenente.

Mesmo com as semelhanças do veículo e com o retrato falado do maníaco divulgado pela polícia, ainda não é possível afirmar que se trata da mesma pessoa. “Poder ser ele, mas não é certeza. O homem detido aqui hoje é única e exclusivamente por essa questão da importunação a essa vítima. Por conta da similaridade do veículo e do indivíduo com o retrato falado, houve interesse da Delegacia da Mulher em ouvir as partes”, esclareceu Voltolini que contou ainda que o suspeito teria acompanhado a mulher no trajeto até um mercado fazendo gestos obscenos com as mãos e boca.

Maníaco do Sandero
O apelido foi dado nos último dias a um suspeito que teria atacado várias mulheres desde o dia 19 de dezembro, com um veículo do modelo da Renault de cor prata. Até esta segunda-feira, o que se sabia é que pelo menos duas das vítimas conseguiram escapar da ação do assediador. Já uma jovem, moradora do Jardim Social, foi levada ao carro e estuprada. Desde então, as equipes de investigação da Delegacia da Mulher trabalham para prender o suspeito e inclusive divulgaram um retrato falado, feito com base em depoimentos das vítimas.

O último caso que se teve notícia aconteceu no dia 23 de dezembro. Uma universitária de 20 anos teve a ajuda da mãe, quando voltava do shopping, e conseguiu fugir da abordagem do homem. A reportagem conversou com a mãe da garota, que trouxe detalhes sobre os momentos de terror vividos pela filha.

“Ela voltava do shopping e já estava subindo a rua de casa, quando percebeu que um Sandero passou por ela e ameaçou fazer o retorno. ele fechou na frente dela e a minha filha atravessou a rua para não ser surpreendida. Durante a ação, ela me ligou e eu corri para fora da casa”, contou à reportagem. “Saí gritando, aí os vizinhos surgiram na rua e ele, tranquilamente, deu a ré e foi embora. Se eu não tivesse aparecido, não sei o que teria acontecido com a minha filha”, relata a mãe, que não quis ser identificada.

O suspeito preso deve assinar um Termo Circunstanciado pelo crime de importunação sexual e está a disposição da Delegacia da Mulher para prestar os devidos esclarecimentos. Até o fechamento desta reportagem, nenhuma vítima do “maníaco do Sandero” foi até a delegacia para fazer o reconhecimento do suspeito.


2 comentários

  1. QUESTIONADOR
    terça-feira, 7 de janeiro de 2020 – 10:59 hs

    -Que a polícia mantenha esse desgraçado preso, até as outras vítimas aparecerem e fazerem o reconhecimento deste canalha!!!
    -O negócio é por no pau de arara, este vagabundo e descer a lenha nele!!!
    -A única opção de estuprador é a morte…só que antes, tem que sofrer um pouco!

  2. SERGIO SILVESTRE
    quinta-feira, 9 de janeiro de 2020 – 14:53 hs

    Fácil, só cortar as bolas dele e soltar.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*