Pasmem, a biblioteca da Assembleia virou restaurante | Fábio Campana

Pasmem, a biblioteca da Assembleia
virou restaurante


A Comissão de Cultura da Assembleia deverá reformular e intensificar seus trabalhos em 2020. Entre outras, há a ideia de restaurar a biblioteca da Casa que simplesmente sumiu, evaporou-se, para dar lugar a outro restaurante. Aliás, é de se perguntar: quantos restaurantes a Assembleia tem hoje?

A Comissão de Cultura tem como membros titulares o presidente do grupo, deputado Delegado Recalcatti (PSD). e os deputados: Tadeu Veneri (PT), vice-presidente; Boca Aberta Junior (PROS), Galo (PODE), Goura (PDT), Mabel Canto (PSC) e Rodrigo Estacho (PV).

Além de oito reuniões ordinárias, a Comissão de Cultura promoveu em 2019 encontros extraordinários, como a ocasião, no mês de agosto, em que ouviu a argumentação do secretário Hudson José sobre um plano de desenvolvimento turístico para os 13 municípios onde está localizada a Escarpa Devoniana, nos Campos Gerais. Outra conquista foi a adesão das políticas públicas do Paraná ao Sistema Nacional de Cultura, formalizada em projeto de lei 813/2019 que cria o Sistema Estadual de Cultura, proposta do Poder Executivo com a Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura.

Parte superior do formulário


3 comentários

  1. Valdi
    quarta-feira, 29 de janeiro de 2020 – 22:41 hs

    Quando o povo paranaense vai parar de votar nisso ACORDA POVO PARANAENSE..

  2. Luiz Sérgio Vieira
    quinta-feira, 30 de janeiro de 2020 – 9:10 hs

    Até q enfim o espaço será utilizado@. Convenhamos, para o intelecto dos nossos parlamentares biblioteca é algo mto exótico

  3. Edoardo
    quinta-feira, 30 de janeiro de 2020 – 10:23 hs

    Biblioteca para que?
    O deputados não tem cultura de ler e fazerem pesquisas e tambem não arquivavam os Diários Oficiais ( Os tais…Secretos e Avulsos)!
    Esta ALEP é uma vergonha!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*