Para barrar a tese do Oriovisto | Fábio Campana

Para barrar a tese do Oriovisto


O senador Oriovisto Guimarães defende a tese da extinção de municípios com menos de cinco mil habitantes que não são autosustentáveis. vê uma despesa enorme, desnecessária para manter cidades e suas instituições que não passam da condição de vilarejos em países em que a civilização pegou e dinheiro público é tratado com rigor.

Pois, pois, essa medida abalaria a base eleitoral de deputados que vivem do varejo. A grita foi imediata e forte. A Assembleia Legislativa fará, no sia 12 de fevereiro, às 9 horas, uma audiência pública para contestar a PEC do Pacto Federativo que prevê a incorporação à municípios vizinhos das cidades com até 5 mil habitantes. O deputado Luiz Claudio Romanelli, do PSB, propôs a audiência, com apoio do presidente da Casa, Ademar Traiano.


7 comentários

  1. Marcos
    quarta-feira, 29 de janeiro de 2020 – 14:53 hs

    Esperavam alguma coisa boa desse traste do Romaneli, junto com o Traiano ? Só malandragem , e nós os otários pagam a conta.

  2. Chicão
    quarta-feira, 29 de janeiro de 2020 – 14:56 hs

    Quanta barbaridade! Esses políticos estão preocupados só com a situação deles. Não pensam na economia que estes pequenos municípios, muitos falidos, vão gerar com a incorporação a municípios mais estruturados. Não pensam que centenas de Prefeitos, Vices, Vereadores, Secretários vão perdem a teta e com isso gerar recursos para outras finalidade dentro da mesma cidade.

  3. skeleton
    quarta-feira, 29 de janeiro de 2020 – 15:57 hs

    KKK por isto é que municípios que vivem do FPM e de outras “caridades” devem continuar a existir, porque gente como a da foto só se elegem assim, nos currais eleitorais, pois estes municípios pequenos não são mais do que isto, currais eleitorais.

  4. Gustavo Henrique
    quarta-feira, 29 de janeiro de 2020 – 17:25 hs

    O Romanelli, é contra o crescimento do Paraná e do Brasil, essas cidades só serve para engordar os políticos…

  5. Gustavo Reis
    quarta-feira, 29 de janeiro de 2020 – 17:42 hs

    Deu a logica,
    Deputados das trevas são contra a fusão de municípios falidos e INÚTEIS.
    Estão defendendo seus apadrinhados e cupinchas que vazam os cofres dos municípios e da população, pagando salários para um exercito de inúteis e desnecessários “prefeitos” e “vereadores”.
    Sai dos nossos impostos, não sai do bolso deles, então que se exploda….

  6. Intrometido
    quarta-feira, 29 de janeiro de 2020 – 18:24 hs

    O Estado deveria criar uma cidade a cada 5 anos, com planejamento como é feito em países do exterior. Mudar a forma de gestão, com vereadores designados pelas entidades classistas, sem ônus para o poder público. Sistema de ruas e moradias padronizadas. É absurdo querem extinguir municípios..

  7. Fernando Seinstraub
    quinta-feira, 30 de janeiro de 2020 – 9:02 hs

    Dois representantes do atraso contra uma proposta moralizante do senador Oriovisto.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*