Presos em Curitiba suspeitos de aplicar golpe de R$ 1,5 bilhão em investidores de bitcoin | Fábio Campana

Presos em Curitiba suspeitos de aplicar golpe de R$ 1,5 bilhão em investidores de bitcoin

da Tribuna do Paraná

Um grupo de Curitiba que prometia rendimentos de 3% a 4% ao dia em rendimentos a investidores de bitcoin (criptomoeda) é alvo de operação da Polícia Civil desde as primeiras horas da manhã de quinta-feira (5). Até por volta das 8h, já eram nove presos na operação. A suspeita é de que o golpe aplicado pela empresa Block Chain It tenha ultrapassado R$ 1,5 bilhão, entre o dinheiro investido e a promessa de rendimentos.

São 62 mandados judicais que foram cumpridos por policiais da Delegacia de Estelionato em Curitiba, Pinhais e Piraquara, na região metropolitana, e também em Pontal do Paraná, no litoral, e em São Paulo. Entre os presos está um agente carcerário que trabalhava no 11.º Departamento de Polícia, na Cidade Industrial de Curitiba.

“Um dos cabeças do esquema está entre os nove presos e outro líder é considerado foragido. Eles, que são parentes, foram denunciados por primos que caíram no esquema”, explicou o delegado Emmanoel David, da Delegacia de Estelionato.

São ao todo cinco mil vítimas em três estados e cerca de quatro mil processos. Entre as vítimas está também outro agente carcerário da cidade de Imperatriz, no Maranhão, que chegou a se matar por conta do prejuízo causado pela empresa.


Um comentário

  1. sexta-feira, 6 de dezembro de 2019 – 12:06 hs

    GENTE ACORDEM PRA VIDA….NÃO ENTREM EM FRIA,,NÃO TEM LUGAR NEM NO MUNDO QUE DÁ UM LUCRO DESSE…ABRA O OLHO É GOLPE……………………….TRABALHE E GUARDE SEU DINHEIRINHO PRA APOSENTADORIA,,,NÃO QUEIRA SE APOSENTAR ANTES ISSO NÃO EXISTE,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*