Em Araucária, vereadores aprovam aumento do próprio salário | Fábio Campana

Em Araucária, vereadores aprovam aumento do próprio salário

da Banda B

A Câmara Municipal de Araucária, na região metropolitana de Curitiba, aprovou nesta terça-feira (3) o projeto de lei que aumenta em mais de 60% o salário dos vereadores a partir de 2021. Com a decisão, o subsídio pago subirá de R$ 5,9 mil para R$ 9.584,45.

O vereador Fábio Alceu, que deu voto favorável ao aumento, explicou que a decisão se deu pelo fato de os vereadores não terem um reajuste de salário desde 2012. “A grande justificativa do projeto é o fato de que desde de 2012 não tivemos reajuste no salário dos vereadores. O nosso salário aqui em Araucária é um subsídio, então a cada final de mandato é aprovado um valor fixo para os próximos 4 anos”, disse Alceu.

A aprovação do projeto de lei ainda depende de uma segunda votação no plenário da Câmara. “Ainda é uma proposta, não se tornou uma lei. O projeto passou apenas pela primeira votação e ainda é necessário toda uma análise para ele entrar na pauta da próxima sessão e aí sim ser votado para uma aprovação definitiva”, afirmou o vereador.

O único vereador contrário ao aumento do salário, Aparecido da Reciclagem, considera o projeto um absurdo e justifica sua posição pelo seu histórico como catador de papelão, além dos baixos salários da população. “É um absurdo isso aí. Antes de ser vereador, eu era catador de papelão nas ruas e passava o mês com cerca de 500, 600 reais. Quantas pessoas não passam fome ou trabalham em empresas aqui ganhando 1200 reais. Por isso sou contra esse aumento e estou satisfeito com meu salário”, defendeu Aparecido.

Um vereador estava ausente da sessão plenária, enquanto outros nove votaram a favor do aumento e apenas um voto foi contra a aprovação do projeto.


3 comentários

  1. Mohamad
    quarta-feira, 4 de dezembro de 2019 – 10:32 hs

    Os servidores públicos do Estado do Paraná estão sem reposição da inflação desde 2015, não estamos falando de aumento real, que seria um percentual acima da reposição da inflação, e terão 2% em Janeiro de 2020, ou seja, 5 anos sem reposição inflacionaria e os nobres vereadores de Araucária com esse AUTO AUMENTO de 60%, eita política brasileira, mas o povo vota mal mesmo e cobra pouco.

  2. NA CORDA BAMBA
    quinta-feira, 5 de dezembro de 2019 – 4:45 hs

    Assim segue a classe política… tão criticada e contra a ética e o povo brasileiro. É um belo exemplo de que esta tigrada jamais deveriam ter sido eleitos. E o povo de Araucária !? Vão aceitar passivamente !?

  3. iri
    quinta-feira, 5 de dezembro de 2019 – 17:53 hs

    Esses mostram a cara sem medo de ser feliz, e o restante do funcionalismo público? que é concursado e estudou para ficar cada vez com o salário mais defasado, esses não tem aumento e nem tão pouco se vai ter devido a crise, mas na camara é tudo festa e reajuste do jeito que bem querem, se for pela atuação destes parasitas públicos, ganham até demais pelo pouco que fazem, em curitiba não é diferente, já houve um reajuste as escondidas em meados de agosto, mas o funcionalismo que está com o salário sem data base e desvalorizado pelo seu Rafael tem de se contentar com 3,5%, mas os gastos em propagandas enganosas vai de vento em popa.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*