Bolsonaro, sobre indulto de Natal: "Vai ter policial, sim" | Fábio Campana

Bolsonaro, sobre indulto de Natal: “Vai ter policial, sim”

O Antagonista

Ao deixar o Palácio da Alvorada, neste sábado, Jair Bolsonaro falou sobre a proposta de indulto natalino deste ano, formulada pelo Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP), que não incluiu policiais presos, como noticiamos mais cedo.

Bolsonaro deixou claro que os policiais serão incluídos no texto, que ainda não passou por sua aprovação.

“O indulto não é para determinada pessoa, mas pelo tipo de crime pelo qual ela foi condenada. Vai ter policial, sim. Civil e militar, tudo lá”, disse.

E mais:

“Não é justo. Tem policial que está preso por abuso porque deu dois tiros em um vagabundo de madrugada. Estava cumprindo sua missão. Não podemos continuar criminalizando policiais que fazem excelente trabalho. […] Ou tem indulto para todo mundo ou não tem para ninguém. Quem assina sou eu.”


2 comentários

  1. iri
    segunda-feira, 16 de dezembro de 2019 – 17:31 hs

    O certo seria peneirar essa corja de bandidos, policial no dever do trabalho nem deveria estar preso, de contrapartida tem bandido solto pelo induto que estão fazendo a festa com o povo, roubando, matando e depois retorna como se nada houvesse acontecido, bandido tem de ficar atrás das grades, se tiver induto que sejam levados na casa de cada integrante dos direitos humanos um preso e passe as festas com quem os proteje sem medir consequências.

  2. Sergio
    terça-feira, 17 de dezembro de 2019 – 3:09 hs

    Deve entrar milicianos também pois ele Bolsonaro é o pai dos milicianos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*