Atrativo do Ecomuseu que ensina ciência em esfera gigante já está disponível | Fábio Campana

Atrativo do Ecomuseu que ensina ciência em esfera gigante já está disponível

Os primeiros turistas e estudantes já conheceram o novo atrativo do Ecomuseu da Itaipu: o espaço Ciência na Esfera foi inaugurado na manhã desta terça-feira (17), com a presença de diretores e empregados da Itaipu e do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), além de alunos do curso de Técnico em Meio Ambiente do Instituto Federal do Paraná (IFPR). O atrativo foi visitado pela primeira turma de turistas e está disponível em seis horários diários. Os professores de escolas e cursos de graduação passarão por treinamentos para usar o espaço no próximo período letivo.

“O Ecomuseu reúne uma quantidade muito grande de informações, principalmente, em relação à produção de energia. A divulgação científica é, agora, a mais nova iniciativa deste espaço e uma contribuição que Itaipu dá para os processos científico e cultural de nossa comunidade”, disse o diretor-geral brasileiro da Itaipu, general Joaquim Silva e Luna. E brincou: “nós aprendemos que a Terra é redonda desde muito cedo. Talvez em uma esfera tão grande seja possível ter bem esta percepção”.

A esfera de 1,7 metro de diâmetro é feita em fibra de carbono e fica suspensa por cabos de aço. Sobre a sua superfície são projetadas imagens animadas do Planeta Terra, além de outros planetas e satélites do Sistema Solar. A imagem é formada por quatro projetores, instalados nos quatro cantos de uma sala de 61 m², e fica contínua, sem divisórias, por toda a esfera. É possível, assim, ilustrar o planeta e seus diferentes fenômenos e processos, cobrindo aspectos oceanográficos, atmosféricos, geológicos, ecológicos, entre outros.

“É uma ferramenta que nos permite acompanhar em tempo real as mudanças no meio ambiente, conhecer o espaço e nosso lugar no universo”, completou o diretor de Coordenação da Itaipu, general Luiz Felipe Carbonell. “Esperamos que o Ecomuseu, que representa uma parte do ecossistema da Itaipu, possa receber educadores, adultos e crianças para aprender como o nosso mundo funciona.”

*Sistema único no mundo*
Desenvolvido pela Agência Nacional de Oceanos e Atmosfera dos Estados Unidos (NOAA, na sigla em inglês), ligada ao Departamento de Comércio do Governo dos Estados Unidos, o sistema é único no mundo. O Ecomuseu é o segundo espaço brasileiro a usar a ferramenta – o Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo (USP) também usa a Ciência na Esfera para graduação e em visitas de escolas do ensino público e privado de São Paulo.

“Já entramos em contato com os colegas da USP e fizemos uma parceria, pegando alguns conteúdos traduzidos deles. Mas eles trabalham mais com oceanografia e nosso interesse é em água e energia, por isso, estamos traduzindo o nosso material”, explicou o superintendente de gestão Ambiental da Itaipu, Ariel Scheffer. “Em breve, poderemos criar nosso próprio conteúdo para ser exibido na esfera.”

Segundo Ariel, a sala utiliza dados em tempo real de satélites oceanográficos ou meteorológicos, além de mais de 500 arquivos disponíveis na biblioteca da NOAA, que são atualizados por uma rede de museus e instituições científicas do mundo todo. “A chuva que atingiu Foz do Iguaçu na segunda-feira, por exemplo, já pode ser vista na esfera”, conta. De acordo com ele, além do uso para turistas, os professores poderão usar a sala para planejar aulas especiais.

A professora e coordenadora do curso de Técnico em Meio Ambiente da IFPR, Kayla Garmus, está animada com as várias possibilidades. “Vamos aguardar os professores serem capacitados para começar a usar a ferramenta. Existem algumas disciplinas que são mais complicadas de passar o conteúdo, mas, com esta esfera gigante, fica muito mais fácil. Às vezes, um conceito que demoramos um semestre para explicar pode ser facilmente passado em algumas aulas aqui”, disse.

*Visitas turísticas*
Em dezembro e janeiro, o uso será apenas turístico. Os horários de sessão serão: 10h30, 11h30, 12h30, 14h, 15h, 16h e 17h. Quem visitar o Ecomuseu nestes horários poderá ver as projeções. O atrativo funciona de terça-feira a domingo. Vale lembrar que, até março de 2020, quem comprar o ingresso Itaipu Panorâmica ganha 50% de desconto no ingresso do Ecomuseu. Mais informações em www.turismoitaipu.com.br

A partir de fevereiro, a sala manterá as sessões turísticas (adquirida com o ingresso do Ecomuseu) e as visitas institucionais específicas para escolas e universidades. Nestes casos, o agendamento será feito pela Divisão de Educação Ambiental.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*