Quem pode rir por último hoje no STF | Fábio Campana

Quem pode rir por último hoje no STF

Radar, VEJA

Com o placar em 4 a 3 pelo fim das prisões em segunda instância, o STF retoma nesta quinta o julgamento que deve reformular o debate sobre impunidade no país. Até agora, a maioria dos ministros decidiu que condenados pela Justiça só serão encarcerados após o trânsito em julgado do processo na última instância do próprio STF, depois de infindáveis recursos.

Ainda irão votar os ministros Gilmar Mendes, Cármen Lúcia, Celso de Mello e Dias Toffoli. Se o placar não mudar, esta quinta será dia de festa nas cadeias do país.

Só na Lava-Jato, ganharão as ruas o ex-presidente Lula, José Dirceu, seu irmão Luiz Eduardo, além de operadores e empreiteiros que participaram da roubalheira na Petrobras.

Em regime semiaberto, João Vaccari Neto e Delúbio Soares voltarão a andar por aí sem problemas nem restrições. Veja a lista completa no Leia Mais.


3 comentários

  1. arlei
    quinta-feira, 7 de novembro de 2019 – 10:58 hs

    Sr Campana

    Seu matéria esta equivocada, pois o placar de 4 a 3 no momento, é favorável a prisão logo após a 2ª instância.

  2. Jorge Hardt Filho
    quinta-feira, 7 de novembro de 2019 – 20:55 hs

    A quadrilha instalada no STF fez a alegria dos bandidos e corruptos

  3. Larry de Camargo Vianna Nascim
    sexta-feira, 8 de novembro de 2019 – 7:57 hs

    O STF está protahonizando o maior vexame do nosso País.
    Onde estão os militares que não vem ao socorro da nação?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*