Moro, um candidato em construção | Fábio Campana

Moro, um candidato em construção

É o que diz a revista Veja na edição que está nas bancas. Veja observa o lado político do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e diz que o ex-juiz federal é “um candidato em construção”, além de afirmar que ele tem uma “consultoria informal de imagem”.

Segundo a revista, Moro “abandonou as camisas escuras que foram sua marca enquanto juiz da Lava-Jato, deixou de lado o palavreado empolado, recheado de ‘excelências’ e ‘escusas’, e começou a bater ponto em reuniões com políticos e bancadas partidárias”.

A reportagem da revista semanal também conta que o ministro já fez reuniões com mais de quarenta parlamentares das bancadas de PSDB, PSD, PSL, Novo e Cidadania . A publicação vai mais longe ao garantir que o ex-juiz tem mantido uma série de encontros com “empresários de alto calibre avessos à gestão Bolsonaro” e cita um encontro fora da agenda com a “família Marinho, dona do Grupo Globo”.
Moro teria aderido, segundo a revista, à velha estratégia “beija mão” dos políticos em visitas a diversas cidades do país. No último dia 18 de novembro, uma quarta-feira, , em Rio Branco, capital do Acre, ele socorreu uma senhora de 70 anos que, a postos para uma selfie com ele, passou mal e ameaçou desmaiar. Na mesma cidade, abraçou uma adolescente excepcional que, aos prantos, furou o esquema de segurança para conhecê-lo e atendeu, um a um, os vereadores que se aglomeravam com pedidos. “Acho que ele está sendo contaminado por essa bactéria da política”, diz o senador Sérgio Petecão (PSD), que o acompanhou na viagem ao Acre. (As informações são da revista Forum).

Facebook


4 comentários

  1. FUI !!!
    domingo, 1 de dezembro de 2019 – 4:46 hs

    O Ministro Sergio Moro é um ícone brasileiro que propiciou a derrocada dos bandidos deste país. Claro que atrás dele existe uma grande equipe, porem i cérebro da transformação nacional é exclusi-
    vamente dele. Colocou a cara para bater e enfrentou poderosos do colarinho branco e venceu. É um candidato certeiro para o STF. O vice de Bolsonaro na futura eleição que que fique para algum outro militar.

  2. Parreiras Rodrigues
    domingo, 1 de dezembro de 2019 – 9:31 hs

    Muque, Moro!

  3. Palpiteiro
    segunda-feira, 2 de dezembro de 2019 – 10:00 hs

    Foi mordido pela mosca azul há muito tempo e é evidente que tem um projeto político, que moveu suas atitudes. Ninguém larga uma função pública regiamente paga e com aposentadoria integral, onde reinava imperialmente, para ficar na rua da amargura.

  4. antonio carlos
    segunda-feira, 2 de dezembro de 2019 – 18:47 hs

    Estou com o Moro, fui contra a decisão dele de largar a magistratura para embarcar nesta de ministro. Depois deste ano o cara aprendeu que não vai ficar para sempre no emprego de ministro, porque o boçal (presidente) mostrou que não suporta ver alguém brilhando mais do que ele. Inteligente como é o ex-juiz prepara o futuro, com certeza brilhante se souber escolher os companheiros.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*