Francischini anuncia votação da PEC que determina a prisão em segunda instância | Fábio Campana

Francischini anuncia votação da PEC que determina a prisão em segunda instância

A soltura de Lula fez o presidente da CCJ, Felipe Francischini, anunciar no Salão Verde da Câmara, a votação já na segunda-feira da PEC que determina a prisão após a segunda instância. As informações são de Evandro Eboli na Veja.

Mas alguns metros dali, no plenário principal da Casa, uma sessão solene sobre educação, comandada pela petista Erika Kokay, do Distrito Federal, virou numa manifestação a favor do petista.

A parlamentar parou o evento para anunciar a decisão do juiz Danilo Pereira. Professores comemoraram com gritos de “Lula Livre”.


4 comentários

  1. Jose lll
    sábado, 9 de novembro de 2019 – 13:13 hs

    Nasci com a maldição de rir nos momentos sérios, depois que o Lula fez doutorado e pós , na universidade de Curitiba,tendo como professores, os francischini, Trai anos, Rossoni, Luiz Abim Atun, o doleiro de estimação da lava Jato Youcesf, Beto Richa, e outros. Ele vai da no até em Pingo D Água.

  2. antonio carlos
    sábado, 9 de novembro de 2019 – 13:25 hs

    Uau porquê só agora? Depois da porta arrombada correm para por um cadeado. O estrago agora já está feito, o conserto será muito improvável.

  3. antonio carlos
    sábado, 9 de novembro de 2019 – 16:46 hs

    Não é um pouco tarde, deputado?

  4. intruso
    sábado, 9 de novembro de 2019 – 20:53 hs

    Prisão em segunda instância só se acabar com STJ e STF.. Do contrário não há como. A OAB não deixará.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*