CCJ não conseguiu votar prisão em 2ª instância | Fábio Campana

CCJ não conseguiu votar prisão em 2ª instância

A oposição a Lula e o PT ficaram frustrados. A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Câmara dos Deputados, não conseguiu votar a proposta de emenda à Constituição que retoma a prisão após condenação em segunda instância, revertendo o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF). A comissão discutiu o assunto por mais de 12 horas nessa terça-feira (12), mas encerrou a sessão tarde da noite, adiando novamente a votação sobre o assunto, porque o debate continuava acirrado entre os deputados. Com isso, a discussão só será retomada na próxima semana, quando o assunto também será pautado na CCJ do Senado Federal, já que o Congresso Nacional está fechado no restante desta semana em virtude da Cúpula dos Brics.


2 comentários

  1. quinta-feira, 14 de novembro de 2019 – 8:59 hs

    QUE SE FAÇA UMA LISTA PÚBLICA DOS DEPUTADOS QUE ESTÃO CONTRA..DAI NAS PROXIMAS ELEIÇOES SERÃO ELIMINADOS POLITICAMENTE,,NO BRASIL TODO…

  2. antonio carlos
    quinta-feira, 14 de novembro de 2019 – 15:48 hs

    KKK este assunto está superado, o soltura do 51 esculhambou de vez com o “devido processo legal”, em país onde a regra muda conforme o interessado devido processo legal não existe. Votar tal PEC agora não passa da mais pura demagogia, alguns malucos estão até propondo uma nova Constituição. Estamos todos rumando e com pressa para uma casa de orates.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*