Nestor Forster na embaixada nos EUA | Fábio Campana

Nestor Forster na embaixada nos EUA

A indicação do presidente Jair Bolsonaro, para assumir a embaixada do Brasil em Washington, será o diplomata Nestor Forster, que já atua como encarregado de negócios.Bolsonaro já havia dado sinais de que o nome do embaixador poderia ser indicado ao Senado Federal. “Obviamente, o Eduardo desistindo que eu mande o nome dela ao Senado, tendo em vista a importância que ele está ganhando na política dentro do partido, o Forster é um bom nome para ser consolidado lá”.

Na noite de ontem, no Plenário da Câmara dos Deputados, Eduardo informou que não concorreria mais vaga para a embaixada do Brasil nos EUA. No discurso, deixou claro que foi eleito por 1,84 milhão de pessoas e não ficaria distante da política brasileira. ““Este que vos fala, filho de militar do Exército brasileiro e deputado federal, que foi zombado por ter tido aos 20 anos um trabalho digno e honesto em restaurantes de fast food nos Estados Unidos, diz que fica no Brasil para defender os princípios conservadores, para fazer do tsunami que foi a eleição de 2018 uma onda permanente”.

O nome de Nestor Forster já era visto por muitos como o mais cotado para assumir a Embaixada brasileira em Washington. No começo deste ano, Forster foi promovido ao posto de ministro de primeira classe, tornando-se apto a assumir uma embaixada. Desde abril, quando o embaixador Sergio Amaral, embaixador dos EUA desde 2016, foi transferido para São Paulo, Forster esteve presente em diversas reuniões e encontros relevantes para o Brasil nos Estados Unidos. Atuando, por exemplo, na reunião de Bolsonaro com Donald Trump, durante a reunião do G20.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*