Maioria acredita que Lava Jato cometeu excessos | Fábio Campana

Maioria acredita que Lava Jato cometeu excessos

Mais da metade dos brasileiros acredita que a Lava-Jato cometeu excessos em nome de uma agenda de combate à corrupção. Há divergências sobre como proceder sobre decisões específicas tomadas no âmbito da operação. É o que mostra a 18ª edição da pesquisa XP/Ipespe, realizada entre 9 e 11 de outubro.

O levantamento ouviu 1.000 eleitores de todas as regiões do país, por meio de entrevistas telefônicas realizadas por operadores entre os dias 9 e 11 de outubro. A margem máxima de erro é de 3,2 pontos percentuais para cima ou para baixo. Na pesquisa, foram dadas três opções de respostas aos entrevistados sobre a operação, além da possibilidade de não adotar posição: 1) A Lava-Jato cometeu excessos, mas o resultado valeu a pena; 2) A Lava-Jato cometeu excessos e algumas decisões tomadas com base nela devem ser revistas; 3) A Lava-Jato não cometeu excessos ao combater a corrupção.

Segundo o levantamento, 54% acreditam que a Lava-Jato cometeu excessos: 14% ressaltam que os resultados valeram a pena, enquanto 40% defendem que algumas decisões tomadas devem ser revistas.

A soma dos dois grupos é a mesma verificada na pesquisa de agosto, mas mostra uma continuidade na tendência de crescimento do segundo grupo, que saltou de 30% em junho para atuais 40%.

Dos entrevistados, 36% dizem que a operação não extrapolou suas competências e 10% não responderam ao questionamento. A posição contrária à revisão de decisões permanece majoritária. É o que indica a soma das respostas 1 (“a Lava-Jato cometeu excessos, mas o resultado valeu a pena”) e 2 (“a Lava-Jato não cometeu excessos ao combater a corrupção”).


10 comentários

  1. roberto
    quarta-feira, 16 de outubro de 2019 – 7:22 hs

    Pesquisa da Folha. kkk…Maioria idiota… O PT não cometeu nenhum excesso. KKK…maioria idiota

  2. Waldir
    quarta-feira, 16 de outubro de 2019 – 7:56 hs

    Pesquisa feita num acampamento de sem terra, na CNBB ou na redação da Folha de São Paulo?

  3. Norte PR
    quarta-feira, 16 de outubro de 2019 – 9:20 hs

    Maioria da onde cara pálida??

  4. Palpiteiro
    quarta-feira, 16 de outubro de 2019 – 9:38 hs

    O povo não é bobo, apesar de ignorante. Percebem que houve trampolinagens e embustes nos esgotos da operação. Não se pode combater o crime, cometendo crimes.

  5. TARZAN
    quarta-feira, 16 de outubro de 2019 – 10:01 hs

    Parabéns equipe da LAVA JATO, vocês estão sendo injustiçados. Não houve excessos nos seus procedimentos, quanta sujeira foi descoberta que nós simples mortais honestos cumpridores das nossas obrigações não teríamos conhecimento. Hoje tudo está invertido, bandido tratado como inocente, honesto como bandido. LAVA JATO, eu apoio!

  6. Gladiador
    quarta-feira, 16 de outubro de 2019 – 11:46 hs

    Que maioria é essa? Dos banqueiros que estao ficando temerosos com a aproximaçao da Lava Jato? 80% da populaçao nao sabe nada! Estamos entao falando de 50% dos 20% que sabem alguma coisa…

  7. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 16 de outubro de 2019 – 12:09 hs

    Que continuem os “excessos”.

  8. brasileira
    quarta-feira, 16 de outubro de 2019 – 13:59 hs

    Esta pesquisa foi tendenciosa e mal feita, como foram feitas as perguntas o resultado daria esse de qualquer forma.

  9. FCarraro
    quarta-feira, 16 de outubro de 2019 – 14:24 hs

    Interessante análise: “Maioria acredita que Lava Jato cometeu excessos”. Os meliantes, corruptos, corrompedores não cometeram excessos, eles iam pediando “por gentileza”, “com licença”, “estou te ferrando tirando sua saúde, educação, trabalho, mas não é por mal não”, era assim? E a Lava Jato deveria ter avisando com antecedência mínima de 120 dias que iria fazer uma busca e apreensão em tal endereço, que precisaria do celular e notebook da pessoa e documentos, recibos da propina? Era isso? Estou entendendo esse tipo de raciocino , matérias e divulgação.

  10. PAULO
    quinta-feira, 17 de outubro de 2019 – 16:34 hs

    Não questiono o combate à corrupção, mas, tem que haver princípios e respeito à Constituição Brasileiro. Fora disse é corrigir um erro com outro erro.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*