Aline Sleutjes e Filipe Barros podem sair do PSL junto com Bolsonaro | Fábio Campana

Aline Sleutjes e Filipe Barros podem sair do PSL junto com Bolsonaro

Dois paranaenses, a deputada Aline Sleutjes e o deputado Filipe Barros estão entre os 34 deputados que podem sair do PSL junto com o presidente Jair Bolsonaro. Trata-se de um abaixo-assinado de 7 de setembro com 34 assinaturas de deputados do partido que defendem a renovação completa da sigla comandada por Luciano Bivar (PE). Com informações de Robson Bonin na Veja.

Para Bolsonaro, todos os deputados que assinam as três páginas do manifesto estarão no bonde da saída do PSL que deverá buscar um novo partido nos próximos dias.

Assinam a moção:
Bia Kicis (DF)
General Girão (RN)
Chris Tonietto (RJ)
Delegado Pablo (AM)
General Peternelli (SP)
Coronel Armando (SC)
Alê Silva (MG)
Luiz Philippe (SP)
Soraya Thronicke (MS)
Junio Amaral (MG)
Dayane Pimentel (BA)
Luiz Lima (RJ)
Heitor Freire (CE)
Guiga Peixoto (SP)
Eduardo Bolsonaro (SP)
Filipe Barros (PR)
Coronel Tadeu (SP)
Daniel Silveira (RJ)
Soraya Amaral (ES)
Julian Lemos (PB)
Aline Sleutjes (PR)
Bibo Nunes (RS)
Lourival Gomes (RJ)
Felício Laterça (RJ)
Luiz Ovando (MS)
Hélio Lopes (RJ)
Carlos Jordy (RJ)
Márcio Labre (RJ)
Carla Zambelli (SP)
Ubiratan Sanderson (RS)
Coronel Chrisóstomo (RO)
Vitor Hugo (GO)
Caroline de Toni (SC).


3 comentários

  1. Eduardo
    quarta-feira, 9 de outubro de 2019 – 9:46 hs

    Nova política? Trigo limpo?

  2. Dr Sidney Schmidt
    quarta-feira, 9 de outubro de 2019 – 9:48 hs

    São estes o ataraso do Brasuil em todas as áreas que trouxeram de volta a miséria , o desemprego, o ódio nas familias e nas ruas, que entregam dia a dia as riquezas do Pais aos estrangeiros e causaram a quebradeira das maiores empresas nacionais. São estes que ficarão sim com seus nomes marcados pela “historia das trevas” desta eleição dos panaleiros da camisa do cbf que não passam de argumentos internet e das fake news pagos a peso de ouro por dinheiro estrangeiro. aqui em cwb já tem os adeptos do alova que ficaram ricos com o fascismo já perdendo a boquinha ou o dinheiro de fora que não esta vindo mais, não viajam mais a paises pras reuniões fascistas que perdem seus postos e aqui não será diferente. cuidado milicianos bandidos que o Brasil poderá ser um Equador amanhã…tictac

  3. Luiz Antonio Pereira
    quarta-feira, 9 de outubro de 2019 – 15:44 hs

    Esses mequetrefes vão mudar de Laranjal.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*