Ratinho Jr não cede três PMs para o Escritório de Inteligência de Moro | Fábio Campana

Ratinho Jr não cede três PMs para o Escritório de Inteligência de Moro

Ora, pois, mudanças no relacionamento do governo Ratinho Jr e o governo federal. Não é que, para surpresa de todos, o Paraná indeferiu a cessão de três soldados da PM para trabalhar no escritório de inteligência integrada na fronteira, em Foz do Iguaçu, um órgão considerado de extrema importância para a segurança pública do Estado e uma das peças centrais do projeto de Sergio Moro.

Como o Paraná se nega a participar, os PMs serão repostos por soldados de Santa Catarina e São Paulo. O Ministro Sérgio Moro inaugurou esse Escritório de Inteligência este ano em Foz do Iguaçu. O projeto é inspirado no modelo norte-americano, coordenado pela Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública, de Moro, JSP e deve receber aportes do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES). O escritório vai se chamar Fusion Center, assim como nos Estados Unidos, e o projeto piloto funciona em uma área de 600 metros quadrados no Parque Tecnológico de Itaipu. Segundo o coordenador-geral de combate ao crime organizado da Seopi, Wagner Mesquita, 16 instituições trabalham na implementação do projeto, como Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Agência Nacional de Inteligência (Abin), Ministério da Defesa, Unidade de Inteligência Financeira (UIF – antigo Coaf), Receita Federal, entre outros órgãos.

No projeto piloto, a capacidade de operação será de 35 pessoas atuando na produção de conhecimento e outras 20 pessoas atuando no comando e controle de operações, segundo Mesquita. Segundo ele, o objetivo é fortalecer o combate ao crime organizado. “A ideia é que a gente cerque e dificulte a logística do crime organizado nos grandes centros urbanos”, disse.

Principais funções

O escritório vai integrar o trabalho operacional e de investigação dos órgãos de controle e investigação. “Cada instituição tem suas ferramentas e o Fusion Center vai ser um catalisador disso”, explica Mesquita. “A gente tem um centro de comando e controle, onde você pode estabelecer os objetivos da sua operação, minimizar o efetivo, aumentar a eficácia, controlar a tropa em terra, ter geoposicionamento das viaturas, das tropas no terreno, unificar as comunicações. Isso tudo o Fusion está fazendo”, completa.

Além de apoio operacional para as ações das polícias na fronteira, o Fusion Center também vai auxiliar investigações do Brasil inteiro, através do levantamento de informações, processamento e difusão. “Vai ser um polo de inteligência da região e um auxílio para investigações criminais. Investigação de crime organizado no país inteiro tem que se aprofundar na fronteira porque o material que traz dinheiro para facção, vem pela fronteira, seja droga, seja arma, seja material de contrabando. Atacar essas instituições somente no mercado consumidor, estamos fazendo nem metade do serviço”, ressalta Mesquita.

O escritório em Foz do Iguaçu terá um núcleo do Curitiba um Centro Integrado de Inteligência, inaugurado recentemente em Curitiba. O Fusion Center também vai auxiliar na criação de protocolos de troca de informações entre instituições.


12 comentários

  1. Rogério
    quinta-feira, 19 de setembro de 2019 – 18:40 hs

    vergonha, mesma Tati a utilizada pelo corrupto playboy Beto richa, que queria desmontar a equipe do Vasco pq tô há o rabicó preso, e só não está na cadeia pq tem o laxante do STF pra protegê-lo

  2. Valdi
    quinta-feira, 19 de setembro de 2019 – 20:02 hs

    Esse idiota fica de briga pessoal,porque isso é pessoal e esquece de cuidar da fronteira,o q custa dar 3 PMs,sendo que ele esta protegido tem PMs cuidando dele 24 horas .
    Senhores politico esta na hora de acabar com 3ssa brigas politica e pessoal e cuidar do povo brasileiro.

  3. Roberto bechetto
    quinta-feira, 19 de setembro de 2019 – 20:23 hs

    Interessante o ratinho tomar esta postura mais um tiro no pé que o ratinho engatilhou. Inexplicável.

  4. eu mesmo
    quinta-feira, 19 de setembro de 2019 – 21:05 hs

    Enquanto isso na ALEP, tem PM saindo pelo ralo.

  5. Veredicto
    sexta-feira, 20 de setembro de 2019 – 9:05 hs

    UM CERTO PENSADOR JÁ DIZIA QUE “PARA DIZER QUE CADA CABEÇA UMA SENTENÇA”. CADA UM PODE E DEVE PENSAR SEGUNDO SUA CAPACIDADE INTELECTUAL E SEUS OBJETIVOS COLETIVOS.SE PARA O GOVERNADOR RATINHO JUNIOR TRATAR O CRIME ORGANIZADO NA FRONTEIRA DO BRASIL ESTÁ BOM DO JEITO QUE ESTÁ, CABE A ELE ASSUMIR O RESULTADOS DESTA DECISÃO. AINDA QUE MUITOS PENSEM DIFERENTE, NO MOMENTO, O BRASIL NÃO TEM UM NOME CAPAZ DE SUBSTITUIR SERGIO MORO NAS FUNÇÕES QUE ELE EXERCE.SE TEM OBJETIVOS POLÍTICOS OU NÃO, O GOVERNADOR DEVERIA PENSAR BEM, PENSAR, NA SEGURANÇA DO ESTADO QUE ELE DIRIGE E POR CONSEGUINTE, NA SEGURANÇA NACIONAL POIS TODOS SABEMOS QUE É POR A FRONTEIRA TRÍPLICE QUE O CRIME ORGANIZADO É ABASTECIDO.VAMOS AGUARDAR ALGUNS DIAS, QUEM SABE O RATINHO PAI NÃO CUTUCA O RATINHO FILHO PARA REVER ESTA DECISÃO.

  6. KARAMBA
    sexta-feira, 20 de setembro de 2019 – 9:38 hs

    RATO CAIPIRA! Qual o motivo de não ceder? Pensa que não tem vida inteligente dentro da PM ou o governo não tem verba pra ceder TRÊS PMs????

  7. KARAMBA
    sexta-feira, 20 de setembro de 2019 – 9:41 hs

    É ciúmes do ratinho porque o Delegado da PF WAGNER MESQUITA, ex-secretário da segurança do Beto Richa, é o responsável pelo Fusion Center. ratinho é um minúsculo mesmo

  8. JM
    sexta-feira, 20 de setembro de 2019 – 11:08 hs

    Fora.

  9. Veredicto
    sexta-feira, 20 de setembro de 2019 – 14:36 hs

    Os brasileiros estão esperando a justificativa do Governador Ratinho Junior
    para negar a presença de três membros da Policia Militar do Paraná para atuarem no Centro de Inteligência Integrado solicitados por Sergio Moro em Foz do Iguaçu. Deve ser um motivo razoável e justificado, caso contrário vai cheirar a boicote o que não vai pegar bem.

  10. roberto
    sexta-feira, 20 de setembro de 2019 – 15:10 hs

    Este garoto-governador faz JUS ao nome que tem…!!!..

  11. domingo, 22 de setembro de 2019 – 5:57 hs

    Entre o rato e o beto a diferença esta na idade mas o comportamento é o mesmo e o tempo dirá.

  12. Segurança
    domingo, 22 de setembro de 2019 – 16:28 hs

    Na assembleia, Detran, Casa Civil, tce, tem mais oficias encostados do que em dia de plantão nos finais de semana, um monte de policiais querem se meter em tudo, menos fazer segurança nas suas instituições, um monte de desvios! Esperava mais! Ao menos que colocassem as polícias para trabalhar em seus órgãos!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*