Maia defende emenda que retoma foro especial para políticos | Fábio Campana

Maia defende emenda que retoma foro especial para políticos

O Antagonista

Rodrigo Maia defendeu ontem emenda para impedir que juízes de primeira instância determinem medidas contra políticos como prisão, quebras de sigilo bancário e telefônico e mandados de busca e apreensão, registra o Estadão.

Com o aval do presidente da Câmara, parlamentares pretendem incluir o dispositivo na PEC que limita o foro privilegiado a apenas cinco autoridades: presidente e vice da República e os presidentes da Câmara, do Senado e do STF.

“O que a gente está dizendo é o seguinte: não pode ter influência emocional na decisão de um juiz. O caso do [Anthony] Garotinho, por exemplo, é um caso claro de influência política. Não tinha motivo para mais aquela prisão”, afirmou Maia.


5 comentários

  1. Rogério
    quarta-feira, 11 de setembro de 2019 – 8:42 hs

    Bando de FDPs, merecem a forca , corruptos safados querendo continuar metendo a mão no dinheiro público sem ser incomodados,este país é uma piada, onde criminosos aprovam leis para se alto protegerem.definitivamente nunca seremos um país sério, enquanto nós otários permitimos calados mais este escárnio com a população brasileira.

  2. Veredicto
    quarta-feira, 11 de setembro de 2019 – 9:19 hs

    “Quem tem c…. tem medo”, já dizia um velho ditado popular.
    O que o presidente da Câmara federal, e seus seguidores, quer tirar o deles da reta. Querem ter o direito de fazer o que bem entender, sem nada ou ninguém que os impeça.Dentro desta lógica, para que existem os integrantes do Poder Judiciário? Para condenar trabalhadores desesperados com a situação que deixaram o país, que roubam de caixas de leite ou fraldas para seus familiares e os criminosos do colarinho branco, que são eleitos com o voto popular e se julgam acima da lei para praticar toda sorte de desatino.Lembram o político que escondia dólares na cueca? E daquele que mantinha 50 milhões em caixas de papelão num apartamento em Brasília? Todos tinham mandato popular. Como pode um camarada como aquele ator de filmes pornográficos ter o direito de não ser alcançado pela lei? E o Renan Calheiros, o Fernando Collor, o próprio Rodrigo Maia que foi denunciado pel Lava Jato outro dia? O que dizer desta gente? Perguntem a um petista se ele acha Lula, Zé Dirceu, Vaccari Neto, e aquele monte de petistas que estão em recolhidos no Paraná vitimas ou acusados? Mesmo sabendo da verdade eles juram de pés juntos que são inocentes. Assim é com o Rodrigo Maia, ele está tentando tirar o dele da reta simplesmente.

  3. JM
    quarta-feira, 11 de setembro de 2019 – 9:25 hs

    Foro de privilegio, errou tem que pagar…

  4. Gustavo Henrique
    quarta-feira, 11 de setembro de 2019 – 9:53 hs

    É bem visível que os parlamentares e todos os políticas querem toda liberdade na Justiça para cometerem crimes e não responder em nenhuma instância, ISSO È UMA VERGONHA!

  5. Fala serio
    quarta-feira, 11 de setembro de 2019 – 9:58 hs

    Ninguem ve isso!!
    Senhores MILITARES esta na hora de agir…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*