Gestão do Parque Nacional do Iguaçu poder ser concedida à iniciativa privada | Fábio Campana

Gestão do Parque Nacional do Iguaçu poder ser concedida à iniciativa privada

Uma resolução do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos, publicada no Diário Oficial de terça-feira (3), recomendou que o Parque Nacional do Iguaçu seja incluído no Programa Nacional de Desestatização (PND). A partir disso, os serviços de apoio à visitação, à conservação, à proteção e à gestão do parque poderiam ser concedidos à iniciativa privada. A decisão sobre a inclusão ou não do parque no PND agora cabe ao presidente Jair Bolsonaro. As informações são da Gazeta do Povo.

Para a decisão, assinada pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, foram consideradas a necessidade de permitir que o governo federal concentre seus esforços em atividades fundamentais para as prioridades nacionais, a de ampliar as oportunidades de investimento e emprego no país e estimular o desenvolvimento econômico nacional, principalmente pela ampliação e melhoria dos serviços voltados aos cidadãos, e a de aumentar a qualidade dos serviços prestados nos parques nacionais. A resolução também trata do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (MA) e do Parque Nacional de Jericoacoara (CE).

O Parque Nacional do Iguaçu é administrado hoje pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e os serviços de atendimento ao turista são operados, por meio de concessão, pelo Grupo Cataratas.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*